Por favor, não colocar pensos higiénicos na sanita. Obrigada!

16:57




Ahh, o mundo mágico que é a casa de banho públicas das senhoras! É um local super fértil para descobri temas a abordar neste blog.

Vamos lá dar contexto à  coisa. Ora estava eu numa casa de banho publica, já dentro do cubículo minúsculo, a tentar equilibrar-me para fazer o meu xixizinho (sem sentar) ao mesmo tempo que segurava o casaco e na mala para não aterrarem no chão molhado quando reparo nos vários papeis na parede. "Não faça xixi para o chão", "Não deite papel higiénico na sanita", "Por favor, não colocar pensos higiénicos na sanita. Obrigada"

Aquela sim era uma casa de banho com regras! Ainda hoje me pergunto porque raio em várias casas de banho publicas temos de meter o papel higiénico no cesto/caixote. Acho que deve ser das coisas mais não higiénicas de sempre. Quase sempre o pedal do cesto está avariado e temos lá que ir com a mãozinha (ora pois, não obrigada. Prefiro ser rebelde e deitar o papel na sanita). Caso o pedal funcione temos a honra de ver o nosso papel marcado com o nosso xixizinho em plena confraternização com o xixizinho alheio. (isto se tivermos a sorte de ser só xixi alheio!) Um bocadinho desagradável portanto.

Quanto ao fazer xixi para chão, eu achava que isso era o 101 da sobrevivência. Eu em casa nunca faço para  o chão, principalmente porque me molharia toda e porque é uma merda ter de limpar o chão quando em alternativa é simplesmente puxar o autoclismo. Porque raio alguém em locais públicos havia de "mijar fora do penico"? Andam por ai pessoas muito estranhas se é necessário lembrar as pessoas de aonde tem de fazer o seu xixizinho. 

E se não faço xixi no chão em casa, muito menos ando a atirar pensos para sanita. Quer dizer, tenho amor ao dinheiro e não quero fazer do meu canalizador visita regular. Mas há alguém que realmente atire os pensos para sanitas publicas? Essa gente respira mesmo o mesmo ar que eu? Deve ser para testar diferentes marcas e respectivas capacidades de absorção, só pode! Nada como uma tomada de decisão informada.

O que leva as pessoas a fazerem em locais que são de todos aquilo que não fazem em casa? Ou fazem, mas quero acreditar que não! 

[ALERTA TEXTO NOJENTO] Uma vez entrei numa casa pública e encontrei um penso com período colado na parede. Foi das coisas mais nojentas que vi na minha vida. Eu olhei para o penso, o penso olhou para mim e fiquei ali uns segundos pasmada de nojo.  Pelo facto de o período ser um fluido desagradavel (já me basta o meu, ok?) e pelo "espectáculo" que a dona do penso deu. Há pessoas mesmo porcas neste mundo!

You Might Also Like

11 comentários

  1. Oh que nojo! Tenho tanta pena das senhoras das limpezas porque há mulheres que são tão nojentas. Uma conhecida minha no outro dia encontrou um tampão no provador da roupa... Nem dá para comentar.

    ResponderEliminar
  2. A tua página "Sobre mim" precisa de um update no nome e idade ahah

    ResponderEliminar
  3. Que horror, aquela última história chocou-me!!! :o
    Eu sei que as WC's públicas são uma porcaria, mas ninguém merece assistir ao que tu assististe xD realmente, algumas pessoas não têm nem noção nem civismo!

    ResponderEliminar
  4. Só vou a wcs públicos se estiver mesmo mesmo aflitinha. Detesto lá ir mas às vezes tem de ser :/

    ResponderEliminar
  5. A gaja que chapou com o penso enjavardado na parede da casa-de-banho não é só porca. É porca e é uma humorista frustrada. Provavelmente, leu o mesmo aviso que tu leste e pensou: «ah, não queres o penso na sanita? Então espera aí que já vais ver!» E é isto. Com toda a certeza que é bastante frequente enfiarem pensos higiénicos na sanita e mijarem no chão das casas-de-banho públicas. Se assim não fosse, não seria necessário o aviso.

    ResponderEliminar
  6. Eu também deito o papel muitas vezes na sanita, porque não quero tocar no cesto do lixo e também não me sento na sanita, detesto casas de banho publicas (então aquelas cabines de receções\semanas académicas, só vou mesmo em último caso).
    Agora essa questão dos pensos\tampões ou outras coisas a não ser papel, por amor de deus, é preciso não ter noção.

    ResponderEliminar
  7. (Momento história nojenta) Trabalhei durante muitos anos, durante o verão, numa pizzaria de praia. Éramos vários empregados e a limpeza das casas de banhos era rotativa. Eu, maluquinha do higiene, mesmo quando não era o meu dia, ia ao longo do dia verificar e dar um jeitinho para tudo estar o mais limpo possível. (Um restaurante/bar com casa de banho suja é um cartão de visita para o estado da cozinha). Num dos momentos que fui à casa de banho dos homens, mal entrei o cheiro era horrível e quando entrei no compartimento com sanita, alguém tinha feito um cócózão no quanto da casa de banho.
    Não é com orgulho que digo que passei a bola a quem tinha de limpar naquele dia porque não consegui encarar.
    Depois deste episódio, acredito em tudo!

    ResponderEliminar
  8. Eu torci o nariz e ri-me ao ler isto xD
    Meu deus, é tão isto. AS mulheres conseguem ser umas porcas. Eu com todo o cuidado e faço tudo aquilo que tu fazes mas há pessoas que não têm noção.

    ResponderEliminar
  9. Eu fico sempre chocada quando leio esse tipo de avisos. Qual é a necessidade de fazer essas coisas?
    Quanto ao aviso de colocar o papel no caixote, é por causa dos autoclismos às vezes entupirem com o papel. Acontece. Eu deduzo que seja por isso (há pessoas que abusam no uso!).
    Bem, que situação nojenta. Há pessoas mesmo porcas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. É triste dizer isto, mas as casas de banho das mulheres costumam ser mais nojentas que as dos homens. Cruzo-me com várias senhoras das limpezas no meu trabalho e elas próprias o afirmam, já li algures também que preferiram ir À casa de banho dos homens porque era mais limpa que a das mulheres, já para não falar numa série de coisas nojentas que já vi nas casas de banho do shopping, nas dos supermercados, e afins. Questiono-me se em casa, homens ou mulheres, são assim tão porquinhos quando não custa nada ter o mínimo de higiene! Não são eles que vão limpar que "se lixe"... Enfim!

    ResponderEliminar
  11. Eu tenho o mesmo pensamento quando vejo esse tipo de avisos. É descabida a ideia de alguém fazer xixi no chão ou de deitar pensos higiénicos ou tampões para a sanita. O pior é que haver esses avisos, é porque isso acontece. É nojento só de pensar

    ResponderEliminar