O fenómeno comentar primeiro, ler de pois

20.4.17



As redes sociais vieram dar voz às pessoas e isso é algo genericamente bom! Dá-nos o poder de mostrar a nossa opinião, comunicar com pessoas de outras realidades e opiniões, de partilhar experiências e denunciar citações.

Mas tudo o que é em excesso dá mal resultado. A linha entre a fonte credível e a sabedoria de estrada está cada vez mais ténue e as vezes ouve-se/lê-se cada disparate que dá dó! Infelizmente os bloggers, revistas e até os jornais de referencia aderem ao click bait. Títulos bombásticos que nada reflectem o conteúdo da mensagem.  Até ai nada contra, enjoa um bocado mas estão a fazer pela vida para poderem continuar a existir. 

Agora expliquem-me aqueles comentários do zé da esquina super agressivos de quem acha que tem o rei na barriga mas que nem se deu ao trabalho de ler uma linha do conteúdo e se baseou apenas nas meias verdades do título!

Meias verdades essas que se espalham como fogo e tal como qualquer mentira quando repetida muitas vezes torna-se numa verdade. E está-se durante meses e meses a difamar alguém ou algo porque estes zé da esquina acham que estão super informados. 

Não se questiona nada, assume-se tudo e parte-se para o insulto quando as pessoas não pensam como nós.

Sou, claramente, pró-globalização mas isso não implica ser pró-estupidez! 

You Might Also Like

4 comentários

  1. ai não podia estar mais de acordo contigo, estudo ciências da comunicação (para jornalismo) e isto deixa-me tão mas tão irritada! sei que por vezes são coisas motivadas pelos títulos mal feitos (aka clickbait) ou fake news de sites mal intencionados que não se dão ao trabalho de verificar ... ai esta gente!

    ResponderEliminar
  2. Eu não vejo telenovelas, mas nem preciso. Basta ler a secção de comentários de qualquer notícia, pois as pessoas têm o dom de adicionar drama a tudo.

    ResponderEliminar
  3. Tudo isso me faz muita confusão. É incrível a quantidade de comentários que as pessoas fazem nas redes sociais sem estarem sequer por dentro do assunto. É exactamente isso que disseste "O fenómeno comentar primeiro, ler depois". O problema é que muitas vezes nem lêem e ficam na ignorância. Sempre que me aparece uma noticia ou um post de um jornal, eu já não sou capaz de ler os comentários. Revolta-me bastante. Acho a liberdade de expressão algo bastante positivo, mas há que saber usá-lo e a conclusão a que cheguei já há algum tempo é que existe muita gente com falta de noção e penso que o problema passe mesmo por aqui...

    ResponderEliminar