Arrumações


Admiro quem consegue ter sempre a secretária arrumada. A minha parece um cemitério de papeis, canetas, post its. Parece mesmo que uma papelaria explodiu aqui. Eu tinha o hábito de a cada semestre arrumar tudo e começar a com a secretária limpinha mas desde que comecei a tese não sei o que é encerrar o trabalho. 

Então depois desta ultima época de exames está extra desarrumada!

The Crown | A Opinião


The Crown é uma história bibliográfica da Rainha Elizabeth II de Inglaterra. A série passa-se ao longo de um período de 10 anos (1946-1956) que acompanha o inicio do reinado mas acompanhado de bastantes flashbacks que permitem ter uma visão dos eventos anteriores. 

A série inicia-se com o final do reinado do rei George V (pai da actual rainha), que não estava destinado a ser rei, que morreu devido a sérios problemas de saúde ligados ao tabagismo. O que levou a que Isabel II fosse soberana demasiado cedo e tivesse de lidar com um Churchill idoso e ainda preso às politicas da segunda guerra mundial.

Eu vou arder no inferno!

Eu sou um ser humano horrível e vou arder no inferno. Depois do que vos vou contar não há salvação possível.


Esta ZOE é branco mas pronto, é só para terem uma ideia da coisa!


Cenário: Eu e o meu namorado no carro, parados num semáforo, a caminho de um passeio romântico. Pára um carro eléctrico (Renault Zoe Rosa Bebé) ao nosso lado.

E uma pessoa parada num semáforo faz o que? Cusca o que está ao lado. Obviamente! Quando olhei para a pessoa que ia a conduzir, imaginei tudo (uma velhota, uma jovem, um engravatadinho e até uma socker mum) mas nunca em tempo algum pensei que fosse um homem daqueles que costumam estar ao volante dos carros carregadinhos de xuning com pseudo musica a altos berros. Foi uma dequelas imagens que grita estereotipo! 

E desmancho-me a rir perdidamente e digo ao meu namorado: Vamos acreditar que o saxo rebaixado todo kitado ficou na garagem e o senhor resolveu trazer o Zoe da mãe! Ou então que o senhor expectou-se com o Saxo e este foi o carro de substituição que o coitado teve de levar, um Zoe rosa bebé.

Entretanto o semáforo ficou verde e cada um foi para seu lado. Com o senhor todo contente a 20 km à hora no seu Zoe cor de rosa.
E uma pessoa vem para casa cheia de peso na consciência de ter achado logo que havia uma velhota desgostosa porque tinha ficado sem o seu Zoe rosa bebé! Porque raio um senhor com cara de quem gosta é de xuning hardcore não pode ser amigo do ambiente e querer ter um Zoe rosa? 

Malditos estereótipos!! 

Ontem foi dia de Limpezas!

Isto quando uma pessoa tem de recomeçar a tese e a vontade roça o -500, a mente duma pessoa começa a cogitar e o caos instala-se! E o que me fui lembrar? De ir limpar os blogs que sigo! Seguia qualquer coisa como quase 200 blogs, actualmente são apenas 87! Muitos ainda estão em pausa e tenho esperança que voltem, mas no activo não são assim tantos.
Descobri blogs parados desde 2013! Que vergonha, eu quase nunca limpo os blogs que vão morrendo...

O meu novo estado é: À procura de blogs que me inspirem!

E o objectivo é claramente continuar a procrastinar afincadamente!

Querido Blogger,



Esta coisa de uma pessoa responder aos comentários no nosso próprio blog é muito bom! Contudo, maravilha, maravilha era podermos taggar a quem respondemos. Ou qualquer outra ferramente para notificar o dono do comentário. Respondemos e ele nunca sabe que o fizemos. 

Já agora, esta nova alteração ao dashbord está uma valente bosta!!! Tirar o dashboard inicial que tinha as informações essenciais numa só pagina foi só dos moves mais baixo nível de sempre. A usabilidade disto baixo uns quantos níveis.

P.S. Se tal ferramenta existir e eu é que for tonta é favor notificar a gerência. Obrigada!

Dia dos Namorados


Nunca entendi o conceito do dia do namorados. Não preciso dum dia para me lembrar de ir jantar fora com o meu namorado ou de comprar uma lingerie mais sexy. Não me digam que é um pretexto para me vestir melhor e ir a um sitio mais caro. Isso eu faço-o quando tenho dinheiro e quando o momento assim se proporciona e não porque andei um ano a planear-lo  assim como meio mundo!
Eu não preciso de flores, chocolates, jantares chiques, lingerie cara, perfumes... ou que as pessoas oferecem umas às outras no dia dos namorados. Eu quero e preciso de 365/6 dias de um namorado presente, atencioso, preocupado e carinhoso. Que me saiba ler e saber o que dizer e quando dizer.

Se eu não tenho isso 365/6 dias por ano o que é que dia 14 de Fevereiro, muda?
E se tenho, porque que é preciso dia 14 de Fevereiro fazer algo diferente, se o dia-à-dia já é "perfeito"?

A relação que tenho deixa-me feliz 365/6 dias por ano. Não preciso de lembretes para mostrar o quão importante ele é para mim. Dia 14 é só apenas mais um dia para ser feliz e sem nada a mais ou a menos que os outros!