A nova era de Trump


A eleição de Trump só mostrou que a América não é apenas a América evoluída construída sobre um povo de emigrantes que nos é vendida mas sim ainda extremamente dominada por um conjunto de pessoas com complexo de Deus.

Gente que cresce a achar que estão "melhor país do mundo", no centro do universo e o mundo precisa da América para existir. Pessoas incultas que não reconhecem outras línguas ou religiões e que nunca saíram dos seus ranchos. Não sabem que lidar com a diferença e tem medo do desconhecido. 
A América não é auto-sustentável, nunca foi, nunca será. Precisa do mundo e dos tratados comerciais com o os resto do mundo precisa da América. 

De que importa agora dizer que estão arrependidos... não souberam usufruir do direito/dever  de voto. Não há consciência! Vota-se no que agrada ao imediato e vota-se para ver o circo a arder. Esquecendo-se que o palhaço ainda está dentro do circo e que eles são o palhaço! Se a outra alternativa era melhor? Claro! Se era uma boa opção? Provavelmente não. 

Uma pessoa que acredita em muros, em divisões, em exclusão social, em banir outros seres humanos porque não os entende e porque acha que é mais fácil classifica-los e po-los à borda do prato. Certamente não é alguém que devemos querer para nos representar. Hoje são americanos que estão na mó de cima mas quem sabe se um dia os vossos filhos, netos... vão sofrer com uma exclusão semelhante a que fazem a quem não é o típico individuo americano. 

Podemos até pensar "ah isto é só na América" mas não! Está mais perto que nunca. Os partidos de extrema direita estão a nascer como cogumelos na Europa. E o povo desiludido vai atrás da canção do bandido mesmo estamos a repetir novamente um filme que já sabemos o final. Um final bastante triste por sinal!

Tanto protesto dá-me esperança, enquanto houve pelo menos uma pessoa que levante a voz para dizer basta ainda nada está perdido.

The Crown


Eu sou uma "papa séries" do pior e sou maluca por biografias históricas. Estou actualmente a dar uma oportunidade ao The Crown. Vamos ver o que sai daqui!





Parte I da tese está feita!



Ainda nem a meio da tese estou mas a primeira avaliação da tese já está concluída e com bastante sucesso! Daqui a, mais tardar, 8 meses tenho finalmente a minha etapa universitária concluída. E que vou ser mestra em engenharia informática! Quem diria que estes 5 ano passariam a correr?!

Estou "apenas" a uma cadeira e uma dissertação de deixar a minha versão universitária! Quero acreditar que no próximo semestre vou ter mais flexibilidade para aqui vir e para poder sair um bocadinho mais destas 4 paredes. Passei o semestre passado entre casa, carro e universidade. Pouco ou nada sai, infelizmente. As intenções são boas, agora é ver o que consigo ou não cumprir. 

Este semestre já puxei uns quantos milagres... agora é esperar pelo próximo e com sorte repete-se a façanha! 

De 2016 para 2017!!




2017 começou ontem mas só hoje é que tive tempo de vir aqui dizer qualquer coisinha.
Desejo-vos sinceramente que 2017 supere 2016 em felicidade, amor, conquistas e todos os sucessos que tenham alcançado!! O que desejo para mim, desejo em dobro para vocês!

O meu 2016 foi um ano super duro com imensas batalhas mas acima de tudo grandes conquistas! Foi um ano feito com muito amor e muita paciência! Este foi o ano que prova que tudo o que vale a pena requer esforço e dedicação. Foi um ano em que perdi alguém de sempre e que apesar do quão doloroso isso foi e sempre será, haverá sempre um amanhã de novas coisas para descobrir e aprender. Lavoisier diz que na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. E a morte é só uma mudança de estado não de existência!

Comecei 2017 com o beijo da minha melhor metade e acho que isso só pode ser um bom presságio! Ambiciono muito para 2017, sendo que ser feliz é realmente a única coisa que importa. Não importa o que alcance, não importa o que faça desde que o resultado seja estar feliz com todas as pessoas que amo. Mas já agora, gostava de marcar 2017 com o meu mestrado feito e continuar a construir a minha vida com o meu namorado. Não peço perfeição porque isso é irreal e aborrecido mas que continue a dar luta e acima de tudo a vale a pena! Porque eu sou completamente louca pela inconveniência e habilidade dele para me fazer rir.