Salinas de Rio Maior

6.2.16
Ontem foi dia de ir às Salinas de Rio Maior que eu pouco ou nada conhecia. Tudo o que sabia era que não eram das normais, ao pé de mar e cujo o sal consegue ser 7 a 10 vezes mais "salgado" que o comum. Este sal é recolhido através da extracção de agua salgada que corre nos lençóis debaixo da salina e provem duma nascente de agua doce que passa por um filão de 100km de sal-gema, solidificado após o recuo do mar. Para além da sua origem invulgar, o próprio processo de extrair o sal é bastante artesanal e natural, isto é, o sal depois de recolhido não é lavado nem leva químicos. Logo é um sal de bastante qualidade e com uma produção que é quase toda exportada para a Alemanha, usado para consumo próprio e fins terapêuticos.

Outra curiosidade do local são os armazéns dos salineiros que são feitos em maneira, incluindo as fechaduras e respectivos canhões,  para evitar a corrosão pelo sal.  
Todas as fotos do post são tiradas por mim! 












  

P.S. As salinas só estão em funcionamento/extracção de Maio a Setembro. 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Já visitei essas salinas mas não tinha ideia que era por isso que os armazéns são de madeira.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar