O problema do socialismo!

7.2.16
Eu sou capitalista mas acredito que um povo pode e deve juntar o capitalismo com politicas que garantam o mínimo a todos os seus cidadãos. Eu acredito que todos devemos ter a oportunidade de ter uma casa, segurança e emprego. E que se trabalhamos podemos ter vidas a que o nosso trabalho corresponde. 

Uma pessoa que chega ao 9º ano e desiste da escola (eu ainda sou do tempo em que o 12º não era obrigatório), começa a trabalhar, ter direito a ter uma vida independente aos 21.
Eu estar na faculdade, estudar que nem uma besta e ainda depender financeiramente dos meus pais para poder estar focada no meu curso (ok, porque poderia ser trabalhadora-estudante mas isso leva mais anos e os meus pais podem-me pagar o curso). 
E no final de contas a pessoa do 9º ano ficar traumatizada daqui a 5 anos eu vou ganhar mais? Estando eu no inicio de carreira e eles não? Mas o mundo está louco? Há um trade off que no meu ver faz sentido! Eu ganho mais no inicio porque me formei para isso, eles ganham menos porque começaram no 0 e tem de crescer no emprego, e isso leva mais tempo, ou porque estão em empregos para pessoas menos qualificadas. Simples, são escolhas, são vontade, são determinações. 

O que já não é certo um licenciado ou uma pessoa com o 9º ano não lhes seja dada a hipótese se sequer poderem trabalhar. Porque as pessoas que nos governam são otárias e acham que em vez de fazer um povo crescer é preciso ter votos e ficar a aquecer o lugar.

Cada vez mais acredito que o socialismo e o comunismo são tipos de politicas que enganam as pessoas. 




É tão isto que penso! O socialismo não quer ajudar os pobres, o socialismo quer que não haja ricos para os pobres não se sentirem tão pobres como são! E eu não quero ser pobre, não quero ver pessoas em dificuldades quero um pais que gere riqueza para que todos possamos viver confortavelmente. A riqueza não vem da herança, não vem da sorte, nem dos tachos... vem do trabalho minha gente! 
Quando se dá tantos subsídios, quando as famílias para ganharem mais ficam em casa porque ganham menos trabalhando, quando se dá 10 euros a mais a todos (que não serve para nada), ficamos todos mais pobres!!

Quando se corta 7 cêntimos na gasolina de todos só porque tem de se cumprir um défice com a desculpa de que pobre que é pobre só anda de transportes públicos. Pobre que é pobre, não anda em lado nenhum porque passes a mais de 30/50 euros por mês e com greve dia sim dia sim é gozar com o pobre e com os Portugueses em geral! Eu com carro, gasto menos em gasolina que no passe. Irónico, não?

You Might Also Like

4 comentários

  1. Eu acho que uma pessoa com formação superior a fazer um trabalho que exija formação superior deve ganhar mais do que alguém com essa formação. Claro que também acredito que as pessoas que não têm formação superior tem direito a um salário que lhes permita ter uma vida digna. E o problema é que nem uma pessoa sem formação superior ganha um salário que lhe permita viver e não apenas sobreviver na miséria, nem um licenciado/mestre ganha, muitas vezes, o suficiente para ser independente. No fundo pensamos exactamente a mesma coisa, como de costume ;)

    ResponderEliminar
  2. O problema do capitalismo é ser uma ideologia centrada no lucro. Não é só um sistema político, é uma ideologia social. Insurjo-me contra o capitalismo porque pretende criar um tipo único de trabalhador, e nem todos queremos uma profissão virada para o lucro. Essas pessoas (nas quais me incluo), as que têm outras prioridades que não o lucro e a produção de capital, estão a ser excluídas da sociedade, atiradas para as margens. Nos nossos dias, escolher uma área das ciências sociais ou das humanidades é quase um passaporte para a pobreza, porque o capitalismo não quer pensadores - quer pessoas de negócios ou rodas dentadas no negócio de fazer dinheiro. E é preciso que se abra espaço na sociedade para estas áreas, porque - disto não tenho qualquer dúvida - é delas que depende a democracia.

    ResponderEliminar
  3. Respondendo ao teu último comentário: Eu não acredito que nos devamos submeter ao sistema. Não alinho mesmo pela ideia de que as coisas são como são e que temos que nos vergar. Aliás, se alinhasse teria ido para outro curso, porque sempre soube que na minha área vai ser dificílimo ter um nível de vida aceitável. Quando eu falo em lucro, não me refiro a fazer o que gosto + ter emprego = lucro. O lucro é outra coisa, e há áreas que nunca vão ser lucrativas -nem deviam!- porque o pensamento não é uma mercadoria. Acima de tudo, quero viver num mundo em que as pessoas possam de facto viver e não sejam apenas rodas dentadas na máquina do capitalismo. Concordo contigo que o socialismo é a melhor ideologia, mas eu não acho que seja a que mais falhe - com todos os seu problemas, ainda prefiro viver em Portugal que num país como os EUA em que o Estado Social é inexistente e onde quem não pode pagar o médico morre.

    (Não aceitei o teu comentário no meu post, mas é só porque não gosto nada de ver comentários desenquadrados do tema do post, não é nada contra ti ou a tua opinião =P)

    ResponderEliminar
  4. "O socialismo não quer ajudar os pobres, o socialismo quer que não haja ricos para os pobres não se sentirem tão pobres como são!"
    Tão verdade, é a politica do bode expiatório! Somos pobres então toca a culpar os ricos !

    ResponderEliminar