Estou a reparar num padrão...

20.2.16
Está-se me a querer parecer, que a culpa não é ser universitária, é estar-se a estudar para engenharia! Têm toda a minha solidariedade vida de quase engenheira é lixado! Porque estamos a tirar um curso de informática (no meu caso) mas também de engenharia e isso é sempre complicado, com cadeiras que não nos dizem nada e um esforço gigante para podermos dizer "eu sou engenheira"

You Might Also Like

7 comentários

  1. Os meus conhecimentos do que é um curso de engenharia são praticamente nulos. Mas quando falam nisso lembro-me daqueles apontamentos indecifráveis do meu primo que está em engenharia e das horas que ele dedica à licenciatura... e aquilo assusta qualquer um

    ResponderEliminar
  2. Mesmo não estando na universidade sei perfeitamente o quão árduo é engenharia. R: Obrigada rapariga, foste das pessoas que segui nos primórdios dos meus tempos por aqui e ouvir isso deixa-me muito feliz

    ResponderEliminar
  3. Um dia todo este esforço, cansaço, horas à volta de livros e computador vai compensar, tenho a certeza :)

    ResponderEliminar
  4. não é ao acaso que o curso de engenharia é tão prestigiante! Força para nós, um dia vamos ser recompensadas. ;)

    ResponderEliminar
  5. Não sou de engenharia, mas comigo é quase igual. Eu trabalho muito, neste curso em que ando, é preciso isso, e muitos dos meus colegas e amigos foram para cursos que têm a papa toda feita e estudar na véspera está tudo bem, os profs fazem testes de recuperação, só têm cadeiras por frequências...É uma alegria.

    ResponderEliminar
  6. Palavras de uma recém-licenciada Engenheira Biomédica, digo-te: não há maior satisfação que puder dizer "Sou engenheira!"

    ResponderEliminar
  7. eu odeio matemática por isso nunca me vi num curso de engenharia mas tenho alguns amigos meus que estão em cursos de engenharia e há um que até desistiu no 2º ano porque não conseguia fazer cadeiras nenhumas haha

    ResponderEliminar