E olhando para trás... 2015 foi:

Fotos do meu instagram!
Não existe andar para a frente sem se olhar para trás. Aprender com o passado, não repetir erros... para mim é essencial e quando olho para 2015 não me arrependo de nada. 
Foi um ano excelente apesar de não achar que foi "O" ano! Cresci muito! Foi o primeiro ano que me vi mulher ao espelho. Foi um ano de:

TOP5 Blogs | que me cativaram em 2015




A pedido de muitas famílias, e por vontade minha, o TOP5 Blogs está de volta! Obrigada a todos vocês que foram deixando nos comentários que gostavam que esta rubrica voltasse à vida. Ainda bem que de alguma maneira esta casa tem algo a oferecer-vos.

E porque o ano está a acabar e é tempo de balanços e eu como já vos disse detesto a criação de objectivos, em vez disso prefiro fazer retrospectivas... De quão bom foi o ano, do que nós trouxe e do que levou... e o mundo dos blog não é excepção! Este TOP5Blogs é baseado nisso mesmo, uma retrospectiva de todos os blogs que este ano me cativaram. Gostava que todos os que passassem por estas bandas não terminassem 2015 sem ter o prazer de os conhecer e percebesse porque para mim são blogs que merecem ser seguidos!
Acho que essa partilhar do melhor do ano deve também ser feita, e se vocês tem a vossa linha de aquisições de 2015, partilhem-na!

Aqui está a minha selecção para 2015:

Há posts que merecem partilha!

Para verem melhor o post, cliquem na imagem que são direccionados para o blog da Palmier!

Há posts que merecem partilha e adorei a descrição da Palmier, vá alias gosto de quase todos os posts da Palmier!  Haja alguém com sentido de humor por estas bandas! 


Não sou nada de resoluções.


Em vésperas de ano novo começam as listas, as resoluções, objectos para cumprir em 2016. 
Eu não sou nada de resoluções, talvez porque acho que quero ser surpreendida pelo ano e não por objectivos. E os objectivos que tenho são tão básicos que não merecem fazer parte duma lista e tem mesmo de ser cumpridos. E não coisas como "Quero fazer dieta", "Quero caber no meu antigo fato de banho", "Quero ir ao restaurante x", "Quero aprender alemão"...

Mas... vá eu este ano tambem faço uma lista. A pedido de muitas famílias e mais recentemente da Carolina. vai sair um TOP5| Blogs antes do final do ano. 




Encontros


Sabem aquela situação de encontrar alguém que já não vêem à mais de 10 anos e quando olham para a pessoa e ela parece ter mais 20 anos do que realmente é, já com filhos e a pessoa tem a nossa idade?! 
Olhei para a moça e fiquei sem reacção!

Dizem que são os "Kimojis"





"What the F*?! Isto é a sério?" foi a minha primeira reacção.  Mas o que é certo é que isto está a ser um sucesso. Um sucesso tão grande que até mandou abaixo a App Store e nem os utilizadores conseguiam instalar o teclado.  Por "apenas" 1.99$ a Kim invade os nossos smartphones. Eu por mim dispenso mas parece que o mundo anda doido com os "Kimojis".
Mesmo sabendo que ao instalar este teclado tudo o que é enviado eles tem acesso. 
Preparem-se que isto parece que é só o inicio não tarda nada surgem os  Khlomoji, Caitmoji's, Krismoji's, Kourtmoji's... Enfim... preparem-se que a avalanche vai começar e quando uma Kardashian faz vem logo o resto da matilha tentar fazer parte dessa ideia. 

Eu acho que a ideia, apesar de ser a coisa mais narcisista do mundo, está uma ideia gira, aquela mulher tem um jeito para o negócio extraordinário. Soube tornar-se famosa, soube limpar a sua imagem (depois de uma sex tape, é sempre complicado), deu fontes de rendimento à familia toda, tem montes de gente a abmira-la, é criativa e consegue sempre superar-se. As ideias dela são malucas mas raramente falham. Não a admiro nada como "celebridade" mas acho que teve ali um jogo de cintura, paciência e capacidade de manipulação da opinião publica digna. Aquela criatura é muito mais inteligente do que lhe dão créditos. Soube sempre rodear-se bem, apesar de se fazer de mais parva do que é. 

De volta!

As festividades chegaram ao fim, já acalmou a fábrica de doces que se tornou a minha casa. Tempo de voltar ao blog e aproveitar um diaszinhos de férias auto-propostas até dia 2 de Janeiro. Depois disso que o stress volte, infelizmente.
Cá por casa o pai natal foi mais do que muito generoso. E depois de a minha Sony dar o berro (paz à sua alma) veio a bela duma Canon 1200D, completamente de surpresa, para meu rejúbilo. Foi todo uma fonte de lágrimas, de espanto, de "OMG vocês são doidos"...   Ando encantada da vida com ela e ainda não a larguei! 


E o vosso pai natal? 

Feliz Natal!



Mais um ano, mais um natal e mais uma vez de coração cheio da vossa simpatia e boa vontade. Desejo-vos um santo e Feliz Natal com todos os que amam! Um post escrito a correr porque hoje a noite é passada em casa da vovó mas somos nós a preparar a doçaria e entradas. Já cheira a natal! Tão bom... 


Os comentários do Público (o que por si nunca corre bem!) são comédia!

Infelizmente é a realidade do nosso país. Viva os cuidados de saúde acessíveis a todos os cidadãos!

Este post vai assim porque dei ali uma vista de olhos nos comentários do Público sobre o do rapaz que, infelizmente, faleceu no hospital por não haver médicos/enfermeiros escalados ao fim de semana para aquele serviço.

Primeiro que tudo, lamento imenso a morte do rapaz, acho triste  e inacreditável como podemos dizermos-nos "zona euro" e o nosso serviço nacional de saúde estar como está! Esse ponto está fixo!

Segundo:

Admira-me porque que as pessoas acham que um médico tem de estar de serviço 24/7 por pena duma vida, independentemente do que lhe pagam e das horas que já trabalhou?

Sim, aquelas mesmas pessoas que:


Estava 6º e meti-me na baixa!!

Imagem: http://halboor.com/armazensdochiado


Descansadinha da vida, reinando na felicidade de acordar de férias, recebi um sms a dizer "Bora à baixa ver as luzes?!"

Wait what?! Mas está tipo 6º, eu vou morrer cubinho de gelo! Mas mas... Lisboa tem cortado nas luzes, já não vale tanto a pena. Mas... Eu não me meto lá de carro.

Mas depois pensei:

Quando é que foi a ultima vez que sai de casa para ir ver as luzes? Quando é que foi a ultima vez que resolvi sair à rua mesmo sabendo que ia voltar cubinho de gelo? Quando é que foi a ultima vez que me pareceu passear e sentir a minha cidade vestida para o natal?

Resultado: Liguei ao namorado, metemos-nos no comboio (quando é que fui a ultima vez que me meti num comboio?!) e lá fomos os 5 passear para a baixa ver as luzes, andar, ver a minha cidade e comer crepes com nutella (ponto alto da noite/tarde! destes gordichões). Lisboa não é o que era mas está a renascer, tenho imensa pena de a generalidade da baixa estar apagada mas ainda aqui e acolá se vê aquela magia que nos fazia sair de casa esteja o frio que estivesse. Os armazéns do chiado estão lindíssimos e é pena ver as pessoas demasiado focadas na suas selfies em vez de aproveitar a baixa.
A praça do município e o mercado estão fofitos vá... E o terreiro do paço tirando ali o cantinho da coisa para se andar no gelo e dos crepes está super vazio! Talvez culpa do video mapping mas não gostei! Mas nota-se um esforço em devolver a cidade aos Lisboetas. Para o ano há mais e espero que ainda melhor!! 

Eu também fui ver o star wars...



Vá, vá, vá... eu não sou nenhuma bicho raro. E dia 18 lá fui eu (aos cinemas normais, que não aprecio muito o IMAX e tenho mais do que fazer do que marcar com 6 meses de antecedência um filme) ver o dito Star Wars. Com um bando de informáticos... priceless!! 

Tivemos meia hora a ver anuncios, o que só por si já é mau... mas em vez dos típicos anúncios de nhanha e da sumol, era tudo sobre o Star Wars. Era anúncios do Yoda em tuga o que roça o "desesperantemente" mau! Era anúncios do fiat 500 com o darth vader. Juro-vos foi uma injecção de Stormtroopers, darth vaders, Yodas... que raiva!

Era eu para o meu namorado: "Bem parece-me que já tomamos a nossa dose diaria  máxima de Star Wars. Era agora que íamos embora!" E toda a gente a comentar aquela meia hora de suplicio de darth vaders mal feitos !

Quando ao filme...  adorei! Acho que fui super bem feito tendo em conta que as personagens principais estão mais pro velhinhas e isso descaracteriza um bocadinho o filme mas acho que as novas foram bem escolhidas. Mas é aquela coisa, quando o patamar é muito alto tudo o que se faça nunca é o suficiente. Andei o filme todo à procura da Lupita. Só quando cheguei a casa e descobri quem ela era... minha nossa nunca pensei! 
Sai de lá cheia de teorias. Acho que o George Lucas punha os filmes com principio, meio e fim e o J.J Abrams foi muito pela ideia do deixar no ar. O que não me parece que seja preciso porque a marca Star Wars já é sucesso garantido. E não acho, de todo, que tenha envergonhado a saga.

Agora um filme do Star Wars sem o Darth Vader e sem o Yoda (quem não sabe, morreram no Episódio 6 e para mim a morte do Yoda foi a coisa mais desnecessária de sempre e quem dura 900 anos, durava mais 30 neh!?) nunca chega a ser "O Star Wars". Ver a Leia, Han Solo e Luke já com muitos cabelos brancos uma pessoa fica sempre com aquela nostalgia. 

Hoje certas cenas que custaram a ver, especialmente as do Han Solo mas pronto. Foi o caminho que eles escolheram!  E falando nele...



Eu não pus cá os pés porque:


Nem vos digo nem vos conto a semana que tive! Andei a dormir quase nada por noite e só agora é que descansei. Dois testes, 3 projectos sendo que 2 dos projectos e um dos testes foi para o mesmo dia. Quando me disseram o mestrado é muito trabalhoso, não pensei que fosse a loucura que está a ser desde Setembro, ainda não parei! Amanhã as 22h entro de férias finalmente. Mesmo as 13 horas de sono de ontem não me tiraram o cansaço dos últimos dias. Finalmente estou de volta à blogosfera para ficar! 



Confiança é tudo.



Não consigo conceber estar numa relação em que há alguém que "vista as calças" ou que há falta de confiança ou excesso de controlo. Confiança é mesmo um daqueles pilares essenciais. Não preciso passwords, alias nem quero! Acho isso um disparate... não prova nada sobre o quão fiel alguém é. 

Comooo, mas comooooooooo?

É que a unica pessoa que não fez nada no trabalho pode ser a única a disputar notas?!
... e quando faz...
faz merda...
que tem de ser refeita! Ai que rage que me tá a dar agora. 
(Foi só para o desabafo já que não me posso/quero ser mal educada para a pessoa)

Um smart é outro mimo!


O meu namorado, agora é gente fina, trocou o carro antigo dele por um Smart For four. No inicio quando ele me disse fiquei assim um bocado do estilo "Mas porque um smart?". Não tinha grande imagem dos smarts, achava caros para o que eram. O carro é lá para casa mas foram os pequenos que escolhem o rodinhas, porque afinal o bicho é para eles. Ainda por cima o bicho parece que deu um encontrão numa parede e ficou com o focinho achatado. Só ideias pré concebidas! 

Finalmente o rodinhas veio e estava-me o rapaz todo contente da vida, não se calava que eu tinha de o ver, conduzir bla bla bla. E eu sempre de nariz meio coiso. Minha nossa quando lá pus os pés dentro o meu mundo mudou! Consigo ver o encanto no bicho! O carro é um espectáculo. Um mercedezinho com tudo a que tem direito, um motor espectacular, um descanso para conduzir visto que é automático. Oh minha nossa!! Aquelas suspensões, o conforto, a leveza. 

Fiquei convertida. Só lhe dizia preciso de arranjar um destes (sem ofensa para o meu lindo 107. Que a dona adora-te muito!) Só ainda não consegui ficar convencida com aquele focinho mas o carro tem um certo ar de jipe em miniatura que é super fofo! 

Habemus 7,5 créditos de volta!




E lá fui eu nervosinha da vida rumo à secretária para reclamar os meus 7,5 créditos de volta. De caneta em riste pronta para escrever qualquer requerimento para qualquer entidade que me iria escrever de volta a dizer: Mande o requerimento para o departamento x, y e z. Estava preparadissima para andar um mês a trocar cartas e mails. Mas não!!!

Cheguei lá, disse quem era o que tinha acontecido. O homem abriu o pc foi ao buraco negro das cadeiras fora de currículo. Carregou num quadradinho e disse já está. A cadeira tinha ido para o void porque alguém se esqueceu de fazer esse passo de mágico. 

Foi o choque, o horror, o pânico... fiquei sem saber o que dizer. Agradeci e vim-me embora com a minha a amiga parvas da vida porque realmente a secretaria tinha funcionado e eles tinham sido eficientes. Descobriram o problema em 5 mim e resolveram na hora. 

Pasmem-se criaturas!! A minha faculdade é um luxo! 

Na faculdade mais que o curso é um nome!


Apesar de não ser uma visão que aprecie, infelizmente, é verdade. A faculdade defini-te muito mais do que teres x ou y curso. É toda uma filosofia, um método, um rigor... porque há um nome a defender, porque há um historial. Ignoro a luta privada vs publica porque cada caso é um caso. Em informática não acho que haja nenhuma privada melhor que as publicas mas noutras áreas até é o oposto. Acho que é porque ao contrários das medicinas, dos direitos e outros tantos ser um curso recente e ainda não haver corpo de docentes bem formados, currículos aprimorados... o que não quer dizer que não se inverta devido ao investimento que as privadas podem ter e as publicas não. 

Se antes achava que se fosses bom, independentemente de teres o curso seja de onde for, seria fácil. Hoje já não acho isso.  O trabalho que eu tenho, os desafios que me propõem, o currículo que damos... é algo nosso. Que não vais encontrar em mais lado nenhum e sabes que é ali que queres ir buscar empregados. Não vamos falar da minha área porque até pessoal de química vão buscar logo há empregos ai aos trambolhões mas noutras áreas já não é assim, infelizmente. 

É algo que tenho ouvido das empresas, é algo que vejo pelos meus colegas de cursos semelhantes. Há uma diferença gigante. Mas eu penso. Eu estou a trabalhar 10x mais, a ter muito menos vida mas há algo a compensar-lo. Foi uma escolha minha não ter escolhido o caminho mais fácil. Quando vejo no primeiro ano tanta gente a desistir porque a faculdade w é mais fácil e dá para gerir melhor as coisas. Fica-me aquela ideia de que escolher uma faculdade mais facil é deitar oportunidades fora, algumas que tanta gente lutou por elas e que não as conseguiram para dar lugar a quem agora as vai deitar no lixo. 



Mariza x Vista Alegre

Ultimamente a vista alegre anda com conjuntos girissimos e eu ando doida da vida com eles. A parceria entre a fadista Marisa e a Vista Alegre - conjunto de chá, Mouraria - não é excepção. Se há coisa que adoro e que acho que melhor representa Portugal, quer em beleza quer em qualidade, é a filigrana. Para alem de ser um conjunto giro que doí e do qual tenho imensa pena ser pobre (Isto é, não ganho de todo... ainda em fase estudante!) e não ter casa, há também aqui uma causa associada. Uma percentagem das vendas vão reverter para a Ajuda de Berço. Mais um motivo para adorar a colecção. Vamos "masé" esquecer um pequenino detalhe, a peça mais barata são 73 euros. 

MOURARIA PACK BULE – € 195

Desta sim, gosto!



Apesar do álbum não me ter encantado como esperava ainda há musicas que adoro mesmo. Million years ago aquece-me, sem duvida, o coração! Afinal Adele é Adele e só ouvi-la cantar já vale a pena. não é verdade? Num mundo em que as vozes de estudo reinam é bom saber que ainda exista mesmo quem saiba o que cantar é.

Já cheira a natal!


Este ano sinto que o espírito do natal veio mais cedo. Já apetece acender a lareira, já falei na árvore, quero dar outro ar à casa. Confesso, que não é a mesma coisa. Não há crianças cá em casa e isso faz toda a diferença. O meu irmão é o mais novo e ele já vai a caminho dos 18 e os meus primos que bem podia dar baby priminhos, tem 40 anos, e até à data... nada!! 

Que a maratona comece!



Que a maratona de Star Wars começe!

Já viram o drama de se estar em Informática e nunca se ter visto a saga toda? Um suplicio e um falhanço monumental. Assim não há quem me leve a sério. Vamos lá dar a volta a isso e rever os poucos episódios que vi e terminar a saga. Ainda por cima este mês sai o episódio VII e os meus amigos já me disseram que tínhamos mesmo de ir!

Puglishious!


Havemos de ter sempre esta luta: Pugs vs Frenchies

Talvez um dia um mix. Um pug preto ou um frenchie castanhinho de focinho preto. Talvez um dia tenhamos ambos. Esse é o ultimate dream. Mas infelizmente são raças que estão na moda e nem sempre são criadas da forma correcta. Apenas para vender a preços absurdos. Sou pessoalmente bastante contra a "comprar" cães. Acho que pagar 600€ a  1000€ por um cão numa petshop cujos criadores são duvidosos e com poucos cuidados é simplesmente absurdo. Especialmente com tanto cão igualmente engraçado e com tanto amor para dar por esse mundo fora. 

Curiosamente em cães sempre achei estas raças bonitos mas em gatos quanto mais sem raça melhor!