Pff nada lamechas... Eu?! Pff que ideia!

21.11.15

Obrigada por estares sempre lá, obrigada por me conheceres tão bem e saberes parar-me quando o meu cérebro entra em excesso de velocidade. Obrigada por saberes quando me deves abraçar e por me dares a segurança que eu preciso para ter os meus momentos mais frágeis. Tu dizeste que tinhas sorte em me ter, mas podes crer que eu também me sinto imensamente sortuda. 

P.S. Desculpem-me não vos ter conseguido responder aos comentários mas esta semana foi daquelas: dois testes e 4 entregas tudo de seguidinha. Ando mesmo cansada. E sinto falta da minha presença aqui. 

You Might Also Like

1 comentários

  1. Ás vezes sabe bem ser-se lamechas, arrisco-me a dizer que às vezes é mesmo uma necessidade :p

    ResponderEliminar