Porque acho que faz sentido partilhar com vocês


Como já dei a entender aqui as coisas com o meu rapaz estavam meias turvas porque estamos a seguir caminhos profissionais destintos e a rotina andava a complicar as coisas.... Portanto hoje foi o dia que decidimos por um ponto final na nossa relação. Se estou triste? Muito! Eu adoro aquele rapaz... mas acima de tudo adoro-me muito mais e esta relação fazia-me mal.

Portanto a vida segue... 



Desafios | Sonhos - Deixa as Palavras Voarem.




Já dizia um dos meus poemas preferido:

" (...) eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento. 

(...)Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança. "



Não sei porque a Pedra Filosofal sempre me tocou tanto mesmo não sendo da minha época, mesmo não sendo o meu estilo consegue sempre deixar-me com o coração cheio e cheia de vontade de continuar a sonhar e a querer ir mais longe. 

Nunca época em que há pessoas desempregadas, pessoas a não poder fazer o que amam, pessoas a quem o dinheiro não chega para alimentar os filhos, pessoas que trabalham mais do que o corpo humano consegue e deve suportar, pessoas ingratas sobre os sacrifícios dos outros, pessoas que sofrem com a maldade e egoísmos dos outros, pessoas que sofrem doentes, pessoas que emigraram e sentem saudades do seu pais e família...

É bom que eles se lembram que isto não nos vai fazer parar de sonhar, de querer mais e de lutar por isso. Porque somos um povo de lutadores, de pessoas sonhadoras, de conquistadores e que este é só mais um obstáculo que será superada pela chama do sonho que existe em nós.

De todas as invenções/descobertas que hoje temos com garantidas foram o produto do sonho de apenas um homem e viram no que deram? Mudaram o mundo! E é esse o poder que temos... 

Descobrimos o mundo, desenvolvemos curas, aprendemos a voar, aprendemos a comunicar à distancia, fomos à lua e estamos já a sonhar com Marte. E um dia havemos de lá chegar!

"O sonho comanda a vida,que sempre que um homem sonha o mundo pula e avança"

*Texto para a rubrica Deixa As Palavras Voarem do blog Uma Pérola no deserto. 

Mestrado, o próximo passo!




A decisão do seguir para mestrado nunca se alterou desde antes de ter me inscrito na minha faculdade. Sempre foi o motivo de me ter trazido para este curso! 

Tenho andado completamente a mil e mais uma responsabilidade, a de escolher o que quero fazer para o resto da minha vida, não tem ajudado muito. Apesar de já ter entrado para este curso com expectativas e com ideias formadas de que mestrado queria seguir a escolha é sempre mil vezes pior. Toneladas de cadeiras, programas gigantes, montes de "e se", só ter x cadeiras que se pode fazer quando x+3 cadeiras é que são mesmo "a nossa cara".

Contas feitas parece-me que vou juntar a área da saúde com planos de negocio e tudo o que puder ligar ao lado empresarial. Um bocadinho estranho para quem foi para uma engenharia com programações mas... o caminho para o mestrado era só este portanto tive de me aguentar à bronca!!

Já perdi a conta ao numero de vezes que me perguntaram "mas se queres panos de negocio e coisas ligadas ao mundo empresarial porque não foste para gestão? Ou economia? ou finanças?"

A resposta é só uma: 

  • O meu futuro mestrado é actual ao contrario da gestão ou economia que é mais caquéctico que o Manoel de Oliveira
  • É um lado empresarial que não é abrangido pelos cursos de gestão (por isso é que temos mais empregabilidade e melhor currículo que eles!)
  • É um curso bastante pratico e com bastantes ferramentas.
  • É uma área muito restrita à minha faculdade.
  • Tenho o nome da minha faculdade no currículo que só por si já abre as portas do céu!
  • Cumpro requisitos para muito mais variedade de trabalhos do que se fosse para um curso restritivo como gestão ou economia.

Portanto, este é o plano das festas para os proximos anos... 
Espero mesmo que consiga arranjar tempo para encontrar um trabalho, gostava de estagiar numa empresa (que infelizmente não é possivel por serem em full time porque estágios há ai aos trambolhões e não me quero meter já numa consultora). É ver o que a vida nos reserva!

As vezes confundo-me no curso!




As vezes parece-me que os meus professores se esquecem que estamos em engenharia! Metem-nos enunciados dignos de uma curso de literatura em que temos de passar o tempo todo a avaliar o que o autor ou o sujeito querem dizer mas não dizem explicitamente. As vezes escrevem uma coisa mas esperam outra coisa completamente diferente... e nós que nos amanhemos! No entanto, o resultado do trabalho tem de ser ao nível de engenharia: claro e explicito! 

Afinal esta coisa da engenharia não está a ser nada bilateral... Se quiseres ambiguidades ia para literaturas estudar o amigo pessoa e os seus heterónimos! 

Parece que a moda dos blogs veio para ficar!!!




Parece que tudo agora tem blog. Parece-me tambem que o conceito de blog anda a ser devasso por esta maré de figuras publicas. Não sou contra a expansão da blogosfera, muito pelo contrario. Agora no que toca a estar invasão já torço mais o nariz. Ora que imagem é que estamos a passar deste nosso mundo? Nenhuma! A imagem que criam de nós é a que alguem que surgiu do nada lhes dá. Esta fantuchada de tudo ter de ser blog de moda, das sessões fotografias, do tudo igual, da competição por produtos e se continuasse mais valia ir buscar um rolo de cozinha porque a lista era longa.

Ora usam o blog como book, ora serve de instagram com legendas maiores, ora serve para publicitar coisas. Porque afinal se um blog está na moda... bora fazer um "site" chamar-lhe e blog e já está... estamos na frente da moda. Ter um blog e ter visitar para mim deve-se a qualidade e não a facto de se ser figura publica. Onde há a diferença entre sucesso/qualidade e publicidade/divulgação? 

Não tenciono ser um blogger conhecida e que me vejam na rua e digam: olha é a Ella! Detesto isso! Nem tão pouco quero ter 20 mil comentários para responder por dia. Quero um blogzito! Um blog com uma comunidade fixe! É só isso que quero... quero que me comentem e quero poder dar vazia aos vossos comentários! 

Agora quem já cá anda à 7 anos... quem viu a blogosfera embrião e agora vê isto? Ai sinto o meu coração despedaçado! 

Avril Lavigne

Foi aqui que nasceu o meu lado roqueirinho! Muito embrionário mesmo comparado com o que ouço hoje. Sempre fui diferente nesse aspecto, nunca fui de grandes musicas comerciais ou pop. Ainda me lembro das letras do Sk8er Boy, complicated, hot...

Ultimamente o que ela produz está longuissimo do que gosto mas ainda há uma magia na voz dela que me dá toda esta nostalgia e me lembra de coisas menos boas e de pessoas que fazem demasiada falta e que gostaria que aqui tivessem hoje e me vissem actualmente!

Ainda hoje me deixo cair em lagrimas sempre que ouço:





Incrivelmente hoje cruzei-me com uma musica que ela fez para o 50 shades of grey e lá me lavem em lagrimas novamente. Porque 8 anos, acabados de fazer... é muito tempo de saudades! Tentar manter mamórias é algo tão dificil... parece que há sempre algo a roubar espaço. Já não te lembras da voz, do toque, do cheiro mas se há coisa que não me esqueço é do sorriso, das caretas e de como eu era a menina dele. Sinto muita falta do homem que não me sendo nada sempre me tratou como neta dele, a preferida! Porque ter 2 pares de avós é pouco... eu tive o grande previlégio de ter 3!! 





É como me sinto!


Sinto-me cansada, estoirada e farta. Já não aguento o ritmo que tenho desde Fevereiro. Sinto-me completamente perdida dentro das minhas obrigações. É os testes, projectos, escolher as cadeiras de mestrado, fazer tudo para não atrasar mais o meu curso, não ter tempo para desanuviar, estarem-se a avizinhar decisões que vão mudar a minha vida, não há tempo para estarmos os dois, não tenho tempo para o blog que tanta falta me faz... Sinto-me tal qual uma bomba atomica. E isto está para explodir. As vezes a raiva sai-me em explosão de lágrimas, mas apesar de ontem ter-me deitado de rastos, ainda não foi desta que acalmei o que vai dentro de mim! 

Preciso de férias, preciso de mim, preciso dele e preciso do blog e neste momento estamos em défice!

Desejos fúteis que talvez não o sejam



"Gostava de fazer uma cirurgia correctiva de visão"

Bem sei que toda a gente olha de lado quando digo isto mas é uma coisa que gostava imenso. Não tanto porque não gosto de usar óculos e quero estar "mais bonita", isso para mim já pouco importa mas porque vejo mal com óculos. Eu tenho um problema de visão (para alem da miopia) que não me permite adaptar rapidamente as várias distancias. Ou seja eu não preciso de óculos para o pc mas preciso para a TV e se estou a tentar ver as duas coisas é-me totalmente impossível. O mesmo com o tablet e os ecrãs da sala de aula. 
As pessoas acham que é mania/fita minha mas fico com umas dores de cabeça que nem imaginam! E por mais que vá ver a graduação, ela está correcta e inalterada desde à 6/7 anos, quando comecei a usar óculos. Devo ter tido das evoluções mais estranhas: Em dois meses ganhei 2 dioptias e desde ai que me mantenho nas 2 dioptrias. 
Já para não dizer que detesto usar óculos. Não consigo abstrair-me do facto de te-los, não consigo que façam parte de mim. Apesar de serem mega leves e mal terem armação continuo a sentir-me estranha. E pouco confortável! Também as lentes não são uma opção porque não tenho muita lágrima e faz-me "fridinhas" nos olhos. 

Não é algo para já... alias gostava de ser com o meu próprio dinheiro e não é algo barato! E tenho de me informar muito bem porque afinal é algo aos olhos... algo tão importante como os olhos. Tenho algum receio!!

Precisava-mos


Bem que precisávamos de um tempinho a dois. Só nós! Sem faculdade, sem trabalhos, sem colegas de grupo, sem amigos, sem testes... Só tu e eu! Temo-nos posto em segundo plano devido a tanta solicitação da faculdade e do teu trabalho. Agora é a nossa vez!

Sou uma rapariga fiel!


Não é apenas ao meu moço que sou fiel, sou fiel as marcas de sempre e que ao longo dos anos me tem acompanhado. À imensos anos que esta é a minha marca no que toca a perfumes, um cheiro forte e envolvente. Já tentei variadas vezes mudar mas não consigo! Escolho sempre a minha querida Lancôme.
A minha mãe sempre achou que era mania minha, que já tinha metido na cabeça que era este e que ponha logo as outras marcas de lado. Fizemos o teste, experimentei vários perfumes sem saber qual eram as marcas e não é que os meus preferidos foram sempre os da lancôme?

Actualmente perfumam-me a roupa o "in love" e o "la vie et belle" e sou completamente apaixonada! Cheiros que não são nada indiferentes ao meu rapaz, que nota logo quando mudo. Gosto que me conheçam pelo cheiro que deixo na roupa e que digam que aquele cheiro sou eu!

Talvez seja de familia (e por atracção) porque a minha mãe tem exactamente a mesma relação com o calvin klein (euphoria) e o meu namorado tambem a tem com o Hugo Boss. São perfumes que na pele deles cheiram melhor do que na embalagem. Gosto de quando abraço o meu namorado o cheirinho dele ficar em mim. Já perdi a conta ao numero de vezes que cheguei à sala e disse: "O sofá cheira a mãe"



Ter orgulho em ser mulher!





E porque o dia não podia começar sem valorizar as grandes mulheres que marcaram o mundo, especialmente as mais esquecidas:
(Ainda no outro dia vi um filme,/documentário sobre a vida dela)

Religião não é desculpa


Como pessoa, como cristã e como ser humano vos digo religião nenhuma devia contestar a diferença. Quer ela seja manifestada pela homossexualidade, profissões mais duvidosas, querer mudar de sexo, querer representar uma fé e poder casar com alguém, ter outra fé, ter outra raça... Todos temos tectos de vidro e todos, pelo menos uma vez, fomos perseguidos e obrigados a mudar o que acreditamos ser a nossa verde. Falo-vos do Holocausto, falo-vos das cruzadas, falo-vos  da preguiçarão aos cristãos na era romana... Não saber aceitarmos-nos mutuamente é uma uma falha da humanidade que é transversal a países, fé, politicas... 

O facto de não sabermos lidar com a diferença não pode resultar na descriminação mas sim numa aprendizagem e consciencialização. 

Cansada!



Estes dias tem sido a loucura. Não há descanso e já há entregas sem mesmos termos as aulas todas. Ando completamente feita barata tonta a saltitar de projecto em projecto. Não sei se até dia 16 tenho tempo, criatividade e capacidade de vir aqui regularmente... Não deixo, claro, de antes de me deitar vos ler!