Detesto:

11.10.14



Detesto, mesmo, que se refiram ao meu namorado como o meu"boy" ou o "querido". Dá um ar vulgar, especialmente chama-lo de "meu boy". Torço sempre o nariz mas respiro sempre antes de falar. Não vá sair-me algo que depois me arrependa. Ele tem nome e se nem eu o trato por amor ou outra coisa do tipo acho que mais ninguém "tem esse direito". Quanto muito trato-o por moço ou o meu rapaz e é quando não sabem o nome dele ou nem sequer precisam de o saber. Não sou uma pessoa de: ai que miminho, ai que fofinho, ai que coisa mais boa da sua namorada...

Mimos e beijos mais pegajosos é em casa.

You Might Also Like

12 comentários

  1. Há que saber estar em sociedade! É o que falta a muita gente...

    ResponderEliminar
  2. Ora agora é que falaste bem (não só agora né xD). A mim também me faz certa comichão os nomes foleiros...

    ResponderEliminar
  3. Também não trato o meu namorado por amor ou outra coisa parecida. Não gosto.

    ResponderEliminar
  4. Ahaha, adorei a última frase.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  5. Tens toda a razão! (: E ninguém tem nada a ver com isso!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Por acaso nao gosto nada de ver casais a lamberem o céu da boca uns aos outros, acho horrível!

    ResponderEliminar
  7. Também não gosto nada e "o teu homem" soa-me igualmente mal. Gosto de tratar as pessoas pelo nome ou, quanto muito "o teu namorado".

    Pelas vezes que elogias o teu namorado aqui no blog e pelas fotos de homens lindos que publicas quando falas nele já o imagino tipo deus grego hahahahaha

    ResponderEliminar
  8. Também acho tão parvo! O namorado de uma das minhas amigas volta e meia chama-lhe "meu bem", fico sempre tão "wtf??" acho piroso xD

    ResponderEliminar
  9. Também acho que há lugar e altura para tudo. Tal como tu não sinto qualquer necessidade de andar por ai a apregoar beijos e mimos.

    ResponderEliminar
  10. Cá para mim, é tudo inveja da outra parte. ahaha Se calhar não têm ninguém para chamar de "meu boy" ou "o meu querido" ou coisa que o va-lhe. ahah é o que dá serem e pensarem pequeno ;)

    Andreia,
    http://pontofinalparagrafos.blogspot.pt

    ResponderEliminar