Revista de Blogues | Blog Day


Dia 31 de Agosto é o Dia Mundial do Blog e como tal esta data não poderia passar em branco por todos aqueles que são apaixonados deste mundo. É do conhecimento geral que o "Ela entre Eles" é membro do site Revista de Blogues e por isso é com imenso gosto que me associo a esta iniciativa de comemoração do dia.

"Foi definido que durante esse dia, bloggers de todo o mundo deverão colocar uma mensagem aos seus leitores, referenciando outros blogs que considerem interessantes. Desta forma, os seus leitores poderão descobrir novos blogs para serem lidos, divulgando outros blogs pela internet."

Pois bem, vamos lá saber quais são os blogs que me inspiram!!
Sim, vou ceder à tentação de escolher os do costume porque são esses que realmente tem significado para mim e que me fazem todos os dias querer cá vir. Se não os escolhesses não estaria a ser honesta.

Todas estas meninas, mesmo não comentando sempre, são parte do meu dia e acredito que tem algo de qualidade que criaram algo único. Obrigada por tornarem o meu dia melhor!!




E ainda que o mes não acabou!!


Dia 19 de Agosto o cantinho fez um ano e esqueci-me completamente de partilhar com vocês.
6 anos na blogosfera é muito tempo mas este aninho passou a correr obrigada a todos vocês por tornarem este grupo em algo viciante e que não dá para fugir.

Este foi um ano de:

40 712 visitas vossas
3803 comentários publicados
553 mensagens 
244 Seguidores


O meu enorme obrigada!!


Começa mais cedo...


Este ano termino as férias quase duas semanas mais cedo. O motivo? Andar a preparar a faculdade (Nada de praxe, só coisas mesmo académicas para o caso de alguém ter duvidas) para receber novos caloirinhos. Ai gosto tanto!! 
É ve-los a chegar completamente perdidos, lembro-me tão bem como foi a minha fez e dáme uma certa saudade. E o meu rapaz está quase cá! 

Dicas Faculdade

Estava eu a ler o post da Inês (Bobby Pins) e pensei que era uma mais valia falar do meu lado visto que todas as meninas em que vi post deste género estão em cursos opostos aos meus. Estava eu a tentar escrever este post quando me lembrei que já o tinha feito no ano passado. Haja coerência da minha parte. Portanto sugiro que o leiam, especialmente as pessoas que vão para cursos ligados às engenharias e as tecnologias.



Coisas que posso acrescentar... O meu método não mudou em nada continuo a fazer as mesmas escolhas, o que mudou foi que à medida que o curso avança as disciplinas teóricas desapareceram e o numero de coisas a comprar também. No meu caso as grandes consumidoras de papel são as matemáticas e as físicas porque em cursos como o meu "exercitar" é a palavra de ordem.

Dicas para vos ajudar no primeiro semestre:

  • Comprem o básico. Não interessa encherem-se de mil e uma coisa se não sabem do que vão precisar. E uma semana dá logo para tirar a ideia de que professor temos à frente. Um caderno ou dois não fica mal comprar antecipadamente. O resto vem com a necessidade.
  • Saber se é preciso investir num computador. Pelo menos em artes, engenharias e coisas tais vamos inundar o nosso computador de programas exigentes e é preciso saber se o que temos consegue aguentar o esforço. No meu caso, tenho dois sistemas operativos instalados: Linux e Windows. Na maioria das cadeiras há uma página com toda a informação referente ao que vamos aprender e que programas serão necessários.
  • Não se ponham a comprar livros à toa da bibliografia dada... Nunca vamos ler nem 1/10 do que eles sugerem... não há tempo! Sugiro que se informem de como funciona a biblioteca e se tem padrinhos, amigos, colegas que emprestem material. Ou tirem fotocopias de capítulos específicos caso estes não hajam na net.
  • Comprem uma agenda!! Eu prefiro uma aplicação que sincronize em todos os aparelhos electrónicos (uso: Calendário do Google e Wunderlist). Esta vai ser a vossa maior amiga porque vão haver alturas em que o vosso cérebro está completamente cheio e ninguém se lembra da data para entregar os trabalhos.
E pronto basicamente é isto... Tenham um excelente ano, futuros caloiros!!
Por falar nisso os resultados saem quando?

Falta de conhecimento


Não há nada mais subjectivo que a arte, e eu sou mega insensível nesse aspecto. Tudo pode ter um propósito mas há certos pintores que para mim fazem pinceladas totalmente ao calhas e já é arte. Eu sei que estou a dizer um disparate para quem está na área mas realmente só aprecio as coisas realistas. Tudo o resto não me diz nada e quando ouço que x banco tem uma pintura que é um risco preto e que vale 4 milhões de euros e pago com dinheiro dos contribuintes até caio para  o lado.  
De certeza que o pessoal de artes tem exactamente a mesma opinião sobre outras áreas que a nós nos dizem algo. 

Desespero




Quem me acompanha no Instagram sabe sempre por onde ando e na terça passada estive para os lados de Fátima, também eu a cumprir promessas antigas... Quem já me lê a algum tempo conhece qual a minha fé e como me relaciono com a igreja. Não é uma relação linear e sinceramente sinto-me desiludida, portanto quando tenho algo prometido evito promete-lo em algo que envolva a igreja. Cá em casa nem todos são assim portanto lá formos nós... 

Não gosto muito de ir à capelinha das aparições, acho o ambiente pesado demais e sinto-me sempre incomodada com o numero de pessoas que se rasteja à volta da igreja. Não censuro, longe disso... mas fico sempre a pensar o quão desesperadas deverão estar aquelas pessoas para fazerem aquilo a ela próprias. Vi uma senhora que deu tantas voltas mas tantas voltas com um bebé recém nascido ao colo que me deu mesmo um aperto no peito. 

Faz-me uma certa confusão que as pessoas da igreja acreditem no Deus castigador, quando para mim isso não faz o menor sentido. Uma dessas senhoras disse-nos que neste anos todos a vender em fatima só encontrava pessoas a pedir e que não compreendia porque as pessoas não ofereciam a sua dor e sofrimento a Deus. Juro-vos que me faz mesmo confusão? Que tipo de Deus é este que eles acreditam que precisa de nós ver sofrer? Mas lá está... eu devo ser mesmo diferente de tudo o que se diz católico. Logo eu que fiz um crisma convicta e agora ando tão desligada...

De rastos


Bem sei que não tenho dado sinais de vida mas realmente estes dias ou andei por fora ou como hoje passei o dia na cama. Detesto quando tenho estas enxaquecas horríveis. Simplesmente não consigo fazer nada e hoje devo ter dormido umas 16 horas ou mais e mesmo assim sinto-me exausta. Agora, um bocadinho mais encharcada em comprimidos, vou tentar despachar coisas que tenho para fazer. Até amanhã.

Pela calada...


Que nem todas as pessoas que nos rodeiam são boas pessoas isso não é novidade. As piores são, sem duvida, as que por fora parecem ser inofensivas, confiáveis, super boas pessoas mas que mal viras as coisas a coisa muda. Falam mal de ti, em inveja daquilo que fazes, criticam tudo e desejam-te mal. Mas tu olhas-as nos olhos e elas sorriem-te como se fossem incapazes de fazer algo assim. Há pessoas que são demasiado fofinhas, queridas e prestáveis, a essas pessoas fico sempre de pé atrás. Porque já sei que pela calada vão fazer tudo para dar cabo de nós. 
São as pessoas mais perigosas porque tu de deixas enrolar, ao contrario de quem tu olhas e sabes que vai sair porcaria dali.

Sermos nós próprios.




Eu acredito na importância de sermos nós próprios sem tentativas de aproveitar as ideias dos outros e repeti-las só porque alguém teve sucesso com elas. Acredito em que devemos fazer o nosso próprio percurso e deixar a nossa marca própria. Acredito que ninguém se deve colar à imagem de outro. Acredito que mesmo que o que criemos seja o maior desastre de sempre ao menos é nosso.

Infelizmente basta abrir o browser para ver tanta gente que é só "mais do mesmo"

Da faculdade...


Há um ano atrás estava eu aflita para saber se tinha conseguido mudar de curso. Não tenho saudades nenhumas... finalmente posso descansar. Foi no 12º saber se tinha entrado na 2ª fase (quando todos já sabias os seus resultados) e no ano passado sabes se tinha consigo trocar de curso. Uma confusão! Não tenho complexos nenhuns de ter entrado em 2ª fase. Acho que isso não de define de forma negativa, muito pelo contrário. Faz-me um caso de sucesso!!

Eu tive um azar medonho no meu ano de inscrição. Sai do exame de matemática com 9.5 quando a minha faculdade tem o requisito minimo de ser necessário a candidatura com 10. No meu ano houve uma enchente de alunos e por mais que tivesse media (e bastante boa para o curso) fiquei sem vagas para a segunda fase. Lá tive de me inscrever noutro curso e trocar este ano. Costumo dizer que só tenho orgulho em ser menina de 2ª fase porque ouvi tantas vezes que "és de segunda fase, a matéria já vai a meio nem contes em passar aos cadeirões" mas o que é certo é que passei. E as cadeiras que tenho em atraso (4) são todas resultantes da mudança de curso e não do ser de 2ª fase ou falta de estudo. Estou claramente na minoria das pessoas que tem mais cadeiras feitas mesmo sem ter nenhuma media que rebente com aquilo tudo. 

Estou orgulhosa. E quero muito que este 3º ano corra bem e que continue a ir tendo sucesso.

A todas as meninas/os que não se puderam candidatar na 1ª fase (como eu) ou que não entraram no que queriam não desistam!! Porque as outras fases não é para burros é para quem tem a coragem de querer entrar no comboio em movimento e abancar lá como os outros que entram na paragem certa. Sem regalias nem almoços grátis. 

Férias | Parte 2




Já há imenso tempo que Sevilha estava naquela listinha do "Havemos de ir" e poucas não foram as desculpas... ora não havia férias, ora estava calor... mas desta vez teve mesmo de ser.

Apenas estive 3 diazinhos em Sevilha e sai de lá rendida. Uma cidade com um património histórico de perder a cabeça. Ficamos hospedados num dos bairros mais tópicos, Triana, a um polinho do centro histórico e numa zona cheia de vida e explanadas. Fizemos o tipico passeio de turista: Uma voltinha de coche pela cidade, uma visita à catedral e giralda, ao Alcazar Real, ao Parque Maria Luisa (Praça de Espanha e Praça América). Andamos que nem umas bestas mas valeu a pena. Sem duvida nenhuma que vos digo para lá irem que é uma cidade fascinante. Com um legado árabe de deixar o queixo caído. Toda a cultura é diferente.

Fica a promessa de um dia lá voltar!! Os links acima são da wikipédia mas tenho fotos minhas no instagram. Aqui fica um cheirinho bem breve daquelas que foram as minhas férias este ano.

Meco | Cada vez mais ando desiludida com o nosso pais!


O caso "Meco" está longe de ter um fim se é que algum dia o terá. A cada noticia que sai tenho mais vergonha de quem governa este pais. Para quem não sabe a que me refiro passo a explicar: O caso daqueles seis jovens que morreram no meco foi arquivado por um procurador que, segundo o que agora se sabe, supostamente "aldrabou" os depoimentos. Passo a explicar, o motivo do arquivamento foi,dado pelo procurador, um "mea culpa" por parte do medico que avaliou o sobrevivente. Basicamente disse que o médico tinha assumido negligencia por não ter feito os testes necessários aos rapaz para determinar se este se encontrava em pré afogamento ou não. Revira volta das reviravoltas... o que o procurador alegou não é o que consta nos depoimentos. 

Eu até tenho medo do que estará por detrás disto. Há muito mais para alem duma faculdade, de praxes... isto foi como que uma porta que bateu num dedo mindinho de alguém poderoso e está-se a fazer tudo para esconder coisas. É as provas deitadas ao lixo pela policia marítima, é as testemunhas importantes não ouvidas, é as ditas pressões sobre as testemunhas que as fazem mudar de depoimentos. Há aqui algo escondido e muito favor colectado. Tenho medo de como a nossa sociedade está organizada. Já não há separação entre o poder politico e a justiça. Todas as decisões não passam de o que dá mais jeito e de favores colectados.

Deste caso sabe-se mas quantos mais  não serão manipulados?
Acho que isto já foge ao que diz respeito a praxes, a universidades... a tudo. Isto é outro nível completamente diferente.
As vezes só penso: Ai se eu me apanho de aqui para fora até penso que é mentira.

3# Já a minha mãezinha dizia:




"Demora o tempo que precisares para tomar uma decisão, pensa bem nos prós e nos contras. E assim que tomares uma decisão sê mulherzinha para assumires as suas consequências, boas ou más... É seguir em frente sem nunca voltar com a tua palavra atrás!"



A torcer por ele!


A torcer para que depois da proposta venha o contrato! 
Gosto de boas noticias e de boas fases... que esta seja uma delas e que o moço consiga realizar os sonhos dele.

Parabéns!!


Eu sei que o dia já vai longo mas não poderia deixar esquecido por estes lados:

Muitos Parabéns minha querida Camila.

Sabes que te desejo o melhor deste mundo!

De queixo caido


Não compreendi hoje a reportagem da SIC, fiquei completamente de nervos em franja. Não é que fizeram uma reportagem sobre "rolezinhos" e envolveram o mundo da blogosfera? 

Traduzindo: Houve uma confusão no Centro Comercial Vasco da Gama em Lisboa porque convocaram um encontro contra o racismo e apareceram 600 pessoas. Aparentemente houve quem fosse para lá só para criar confusão. Este foi o mote da reportagem sobre esta moda dos encontros, chamada de "rolezinho" (Coisas do Brasil -.-). E não é que a reportagem começa por falar da influencia que as bloggers tem para mover massas e que podem criar reuniões destas e consequentemente poder dar confusão?

Sim, como se ser blogger conhecida ser basicamente que andar ali a roubar bancos e criar "meets" para andar à porrada e ser detido. Um perigo mesmo esta mundo onde estamos, not!

Antes de ir para fora é preciso ver cá dentro.


Sou uma apaixonada por viagens e para sair daqui e conhecer novos mundos faço qualquer coisa. Apesar disso, não sou daquelas pessoas que sonha ir viver para fora... se tiver de ser será. Somos cidadãos do mundo, não é verdade?
Uma das coisas que me custa mais ver é pessoas que nunca visitaram nada no seu próprio pais mas não se cansam de visitar os dos outros. Isso, para mim, é sinal de ignorância. Antes de partir à descoberta de novos mundos temos de conhecer o nosso. Apreciar a sua beleza e ganhar bagagem. O nosso pais é lindo e quem diz o contrario é por pura falta de cultura. Há tanta coisa escondida... monumentos, parques naturais, hotéis, aldeias... que precisam de ser conhecidas por todos.
Conheçam a história do nosso pais, conheçam de onde viemos e aprendam a apreciar o que evoluímos. Porque só sabemos quem somos se soubermos de onde viemos.

Maratona da Marvel





Segundo um amigo meu, tinha de haver um certo lado "geek" em mim para estás no curso que estou. Eu adoro tudo o que é do universo Marvel e DC comics. Já foi à tanto tempo que vi o primeiro filme deles esta semana foi a altura de rever todos os filmes que eles já fizeram...
Não sei porque gosto tanto destas coisas... Mas parece-me que vai ser uma semana animada dedicada principalmente à Marvel!

2# Já a minha mãezinha dizia:


"Se o meu pai fosse vivo fazia 100 e tal anos, um homem fora do seu tempo, que sempre me disse: Tu nunca dependas de um homem. Estuda, instruíste, tem carácter, tem personalidade e nunca tenhas medo do trabalho, sê capaz de conseguir a tua independência. Porque nada mais triste do que estares dependente de outra pessoa para seres feliz."

Porra, eu adoro quando ela me diz estas coisas.

A moda dos banhos publicos



Já tanto foi dito sobre este assunto que já é impossível dizer algo novo. Eu sou daquelas que acha este tipo de coisas uma parvoíce gigante, a única coisa positiva no meio disto tudo é ajudar quem precisa. Mesmo assim cá em Portugal a coisa era por Jantares (somos mesmo pequeninos), felizmente a coisa está a mudar. Eu continuo a achar parvo mas a causa para a que é faz-me pensar duas vezes... Já ouve quem criticasse o facto de estarem a desperdiçar água e sem duvida que é um excelente argumento. 

Eu penso que não é mais agua do que a que se gasta num banho de emersão (e todos pelo menos uma vez na vida fizemos esse "pecado") e esta-se a chamar atenção para instituições que ninguém conhecia, como  a ALS ou ELA (cá em portugal). Uma doença demasiado importante para se passar despercebida...
Para quem não sabe a ELA é uma doença degenerativa e o que faz é basicamente impedir a pessoa de fazer aquilo que nós temos como garantido... andar, mexer as mãos, perder a força... basicamente, tudo o que tem a ver com o carácter motor que, por fim, culmina com a morte da pessoa.

Espero que em breve o desafio acabe mas que a preocupação por este tipo de doenças não! 
É triste ser necessário um desafio de "medir pilas" (porque basicamente foi isso que se tornou... quem é que entorna mais agua, de forma mais espectacular e parva) para alguém se lembrar de que esta doença existe e que é preciso dinheiro para descobrirem algo para melhorar a vida dos doentes! 

Ando cheia de vontade...


Desde que abriu o espaço da Time Out no mercado da ribeira ando deserta por lá ir. Acho muito boa ideia este tipo de iniciativas e tudo o que possa dar vida à nossa cidade. 
A Baixa, felizmente, nos últimos tempos, tem sido outro locar em que se nota algumas alterações numa tentativa de chamar pessoas para a capital. E, ainda que, muito rudimentar lá se vai evoluindo e transformando Lisboa numa capital europeia que mereça destaque. 

Férias | Parte I




Finalmente vou ter um tempinho para vos falar das minhas férias. Foram 9 dias maravilhosos divididos em dois locais: Algarve e Sevilha.

Este ano o Algarve foi de destino escolhido por causa do meu namorado, ele é de lá e este foi o meu ano de ir vê-lo. Fiquei em Albufeira numa zona maravilhosa, o hotel ficava a menos de 200 metros da praia e com duas piscinas. Foram dias de simplesmente não fazer nenhum... de manhã cedinho praia, a meio da manhã piscina (com vista para a praia)... dormia-se ou passeava-se com o namorado de tarde e ao final da tarde piscina de novo. E que bela vida esta. Acabei por não conhecer quase nada e apenas estar no relax que bem precisava!

Sem duvida uma viagem para repetir. O Algarve estava à pinha (detesto este tipo de alturas mas os meus pais só tem férias em Agosto) no hotel não se via nenhum português, só estrangeiros e nem sequer conseguia perceber a nacionalidade. Era vê-los a entrar na piscina às 9h e sair as 19h vermelhinhos, vermelhinhos... Eu não sou uma pessoa morena portanto acabei por ficar pouco tostadinha. Fazia-me imensa impressão ver crianças vermelhas e a acumular escaldões... completamente desinformados sobre o mal dos raios UV. Eu nunca apanhei nenhum assim grande mas sei o que custa e não sei como eles aguentam. Sim eu tomo bem conta da minha pele e os escaldões que apanhei foram queimaduras. Sim... eu sou otária e à dois anos meti o tornozelo e a mama (com bikini, claro!) fora da toalha num dia em que a área estava quentíssima. Resultado: Queimei-me à grande!!! -.- 

Às moscas...


Deve andar tudo na praia, em férias... só pode, porque a blogosfera está às moscas!!
Eu sei que não posso falar muito porque fui uma das que abandonou o cantinho para ir passear mas pronto... apenas gostava de ter mais coisas para ler. 
Já sinto alguma falta da blogosfera em plena actividade e toda uma enchente de posts acabadinhos de escrever.

Esperemos que tudo volte em breve! Boas férias para quem não está por cá!!

Novo programa da SIC mulher.




Andava eu feliz e contente da minha vidinha a fazer zapping quando me cruzo com este programa na sic mulher. Obviamente que me prendeu a atenção não fosse eu uma blogger que adoro o que faço e que acho que todo o empurrazão as mininas (e meninos) daqui é uma mais valia. O programa apresentado pela Ana Sofia e a Monica Santana Lopes até está cheio de boas intenções... conhecer quem escreve, ver um lado diferente, conhecer efectivamente as pessoas... mas! ainda está num estado embrionário tamanho que não se ouve nada aquilo que dizem, falam para dentro (especialmente a Mónica, que aquilo uma pessoa adormece). Outra critica que posso fazer é o facto de se limitarem aos bloggers que toda a gente conhece e admira. Esses já estão no topo, já todos sabem tudo e mais alguma coisa.

Se calhar quem está ligeiramente mais abaixo é que devia ser divulgado. Não estou a falar ali do blog da ti Jaquina que tem duas semanas e 3 seguidores... mas há blogs já com mais de mil seguidores (alguns bem mais que isso) que não se conhece a pessoa que escreve, que há mais curiosidade... Tenho esperança que evoluam, que realmente percebam que há mais blogosfera que a da moda e que há mais pessoas que merecem saltar para as luzes da ribalta.  Aqui fica a minha modesta opinião!

1# Já a minha mãezinha dizia:


A minha mãezinha fez de mim a mulher que sou hoje, e vim partilhar algumas coisas que ela sempre me foi dizendo e que um dia também vou querer dizer aos meus filhos.



"Erra, precisas de errar e fazer asneira para aprender, desde que a ideia seja tua! 
Nunca faças nada sem tu própria analisares a situação e saberes que é o passo certo a tomar, não apenas porque todos o vão fazer"


Detalhes da compra do carro (Resposta à Bárbara)

A Bárbara deixou este comentário "Agradecia imenso que fizesses um post a relatar a experiência de compra. Também preciso comprar um carro, e tem obrigatoriamente de ser usado, e gostaria de ler opiniões. Obrigada, bom domingo!!!" E confesso que já tinha tido esta ideia porque quando quis comprar o meu não tinha informação nenhuma.




Eu era uma iludida da vida porque todos os meus amigos que compravam carros optavam por chassos ou por carros novos. E mesmo podendo comprar um novo, ainda estou no inicio e ainda estou meia azelha e não me apetecia espatifar um carro que custasse 10 mil euros ou mais. Não fazia a menor ideia do que poderia ter com o dinheiro que tinha guardado.

Comecei por falar com o mecânico da familia e falar-lhe das minhas necessidades e do que poderia precisar num carro. Ele aconselhou-me logo os C1, peugeot 107... pois tinham um motor toyota e acaba por ter uma qualidade bastante agradável para o tipo de carro que são. 

Os meus requisitos mínimos era um carro pequenino, sem mocadas, com menos de 120mil km, menos de 5mil euros, menos de 8 anos, ar condicionado... Um carro que me acompanha-se nesta etapa universitária. Um carrinho para ir e vir para a faculdade, poupadinho, para me dar alguma mobilidade na cidade e de fácil estacionamento.

Desde o inicio em que comecei a procurar fui mudando de objectivos. No inicio, achava que comprar online não era boa ideia (Stand Virtual) que poderia ser facilmente enganada e que queria era stands porque tinha a certeza que havia mais qualidade. Não podia estar mais enganada!! Os stands não estão interessados nos carros que eu procurava. Eles gostam é de carros com menos de 3 anos, menos de 40 mil kms e a mais, bem mais, de 5 mil euros...

Acabei também por me render ao Stand virtual que também está dividido entre profissionais e proprietários. Tinha a falsa ideia de que poderia encontrar nos profissionais algo mais em conta do que nos stands presenciais. Não podia estar mais enganada... mais do mesmo. Finalmente rendi-me, muito relutante, aos proprietários.  Encontrei alguns carros interessantes... É incrível como os anúncios estão pouquíssimo tempo no site. Acabei por ver alguns C1 e Peugeot 107 que me interessaram e fiz uma lista de preferência.

Acabei por apenas marcar encontro com os donos para ver 2! O primeiro estava maravilhoso de motor, sem andar nada, novíssimo mas todo cheio de mocadas que não apareciam no site. E eu não estava nada com vontade de dar mais de 5 mil euros por um carro todo espatifado e com 4 anos e tal...
Acabei por combinar com o antigo dono do meu carro e assim que vi o carro apaixonei-me. As pessoas pareciam de confiança e via-se a léguas. o verdadeiro motivo da venda do carro (A esposa do senhor estava a explodir de grávida e o porta bagagens não aguentava as tralhas dum bebé). Ter confiança em quem nos vai vender o carro é tudo.

Por via das duvidas, marcamos um encontro com o meu mecânico para ver o estado do carro e só assim tivemos o avalo para o comprar. Sabendo tudo o que poderia ser necessário ser mudado. Muita das vezes nem os próprios donos sabem realmente o que se passa com os carros e esta é uma maneira de diminuir o preço estipulado.

Outra dica é ir ao stand virtual meter os dados do carro que estamos interessados e ver o preço sugerido. Muitas vezes acontece ver carros muuuuuito baratos em que uma pessoa fica de pé atrás bem como extremamente caros. Interessa saber os motivos de tudo. 

Este género de carros parece-me muito agradável para primeiro carro, para alguém que faça muitas viagens de trabalho-casa e que não necessite de um grande porta bagagens. E não são tão caros como os VW, clios... da mesma idade. 

Eu não sei se ajudei Bárbara mas se tiveres alguma outra duvida manda-me um mail que terei todo o prazer em responder: omundodella@gmail.com

Da compra...




Finalmente vou revelar qual a compra dos últimos dias... não queria falar sem ter certezas. Aqui a dona do blog arranjou um carrinho mini mini para andar pela cidade a espalhar charme (not). Até aqui andei no carro da minha mãe mas a coisa não estava a correr bem. Eu tinha medo de sair sem ela, ela tinha medo que eu saísse sem ela. E como só conduzia de mês a mês (não havia necessidade de mais) eu não conseguia desenvolver. Não porque não soubesse conduzir mas porque se estivermos muito tempo sem conduzir não nos conseguimos mover no transito com a mesma fluidez e estamos numa atenção superior à que geralmente é necessário e é extremamente exaustivo. O carro é em segunda mão (e nem sabem a trabalheira que dá comprar um carro assim... Hei-de fazer post sobre isso!!!) tem 8 aninhos e 100mil kms e foi baratinho. É um peugeot 107 azul metalizado... (maravilha das maravilhas num o vou perder no estacionamento).

A mala chanel da North


Não se esqueçam de ir à Sociedade Secreta!!!



Este tema anda a dar que falar e aqui não vai ser excepção. Para os mais alienados do mundo, a North, filha da Kim e do Kanye West, fiz a sua primeira sessão fotográfica e acompanhada por uma mala chanel bem mais cara que a média dos ordenados do comum dos mortais. Eu não aprecio as Kardashians muito menos o Kanye e acho que a ideia de exporem a filha assim foi uma total irresponsabilidade. As crianças devem ser o máximo possível protegidas da exposição publica e aparecendo se assim o desejarem. Acho que com um ano de idade não há vontade propria. É explorarem a filha... Acho um pouco gozarem com o comum dos mortais que luta para ter uma vida digna darem aos bebés Chanel, Dior... Eles querem brincar e para isso qualquer trapinho serve. É ensinar as crianças desde pequeninos que não há limites... 

Eu cresci sem dificuldades económicas mas sem ser rica e nunca vesti grandes marcas... não por não poder mas porque é preciso saber que o dinheiro não cai das árvores e se o pudermos usar em coisas mais significativas, é aqui que é usado. Se calhar é por isso que sou uma forreta de primeira. Eu não sei se sou forreta mas custa-me ver grandes quantidades de dinheiro desaparecer assim em algo meterial. Fiquei doente quando dei 400 euros pelo meu telemóvel. Achei que foi uma futilidade... e andei imenso tempo a sentir-me mal comigo mesma quando sei que tenho pessoas amigas a passar dificuldades. 

Acho que falta muita noção do que é o mundo a estes "famosos". Bastava uma semana com 500 euros (e já estou a ser generosa) para eles teram uma noção do que é o mundo. E que nada é assim, simples. Existe uma diferença entre apreciar qualidade e querer fazer show off. E quem aprecia qualidade não compra as marcas para o mundo ver. 

Ainda por cima acho que a bebé não é das mais bonitas que andam ai... Mesmo carregadinha de photoshop!!

De volta a uma segunda casa!!


Cliquem na imagem

Bom dia meninos e meninas hoje estou novamente pela Sociedade Secreta! Dêem uma vista de olhos no meu dia e no das outras meninas que passaram por lá!! Não se vão arrepender...

O desafio desta vez consistia em fazer um mes comemorativo do aniversário do blog em que cada dia competia a um agente que por lá já tivesse passado!

Já estou com umas ideias para posts portanto não vou deixar aqui este cantinho ao abandono.

De volta à civilização!!


Estou de volta!!!

Pois é vim um dia mais tarde do que o que pensava. Mas foi uma semaninha bem passada (conto detalhes depois). Peço imensa desculpa por não me ter manifestado por aqui, no face e claro no desafio da Indigo. Já lhe disse e volto a repetir o meu tablet não reconhecia a net, só o telemóvel e era impossível fazer algo lá a não ser aplicações simples como instagram, facebook pessoal, mensagens... Estou tão out do mundo. Vou passar as próximas horas a tentar perceber o que se passou por aqui. E se puder comentar!!

Ir ter com o meu rapaz


Bom dia meninos e meninas, despeço-me por esta semana... pelo menos vou para terras dos Algarves e não se se consigo ter tempo e vontade de fazer post em condições. Vou levar o meu tablet mas não sei o que consigo fazer com ele.

Vou aproveitar esta semana para estar com o meu rapaz, conhecer a terra dela e todos os locais especiais para ele... vou, igualmente, conhecer a sogrinha. 

Até breve!!

Natural...



Cada vez é mais natural para ele pensar em sair do país. Não porque a área não dê mas pelo desafio. Ainda ontem falamos sobre nós e sobre o ele sair de portugal. Obviamente que se ele sair eu saio... Acho que ele não entendeu a facilidade com que disse aquilo. Não entende como seria capaz de por a minha realização profissional em segundo plano para o seguir. Quando é tudo tão simples... A área que estou a querer seguir dá em todo o lado do mundo que tenha um computador e não é a minha paixão logo não desistiria do homem que amo nem da minha família por ela. Nem lá perto logo para onde quer que ele vá seguir o sonho profissional dele há um espacinho para mim.
Não sou aquela rapariga que desiste duma carreira por causa dum homem mas se para mim é só mais um trabalho e para ele é O trabalho. Posso sempre recomeçar em qualquer lado. É-me mas complicado deixar cá os meus pais e o resto das pessoas que amo.  Mas até lá falta o ultimo ano de licenciatura e mestrado!!

Viagens


Daqui a 3 dias zarpo para o sul do pais como quase todo o santo português... Vou ter com o meu algarvio. Estou a morrer de saudades, esta ainda não é as nossas férias as dois mas anda lá perto. Abre-se as porta para daqui para a frente poder estar mais vezes com ele e com a família dele nos próximos Verões. Agora é tempo de preparar a mala e carrega-la de bikinis e roupa fresquinha!! Fiquem atentos ao instagram porque nessa semana vou deixar o blog um bocadinho ao abandono!!


A compra!!

Eu admito que estas ultimas semanas tenho andado um bocadinho ausente daqui mas por bons motivos... fiz a compra que à anos queria fazer mas mais vale ainda não contar detalhes para não agoirar. Sim eu sou daquelas que acredita que se contar aos outros os seus maiores desejos eles não se realizam!!