Arrow

Já que estamos numa de falar de séries venho-vos falar da minha nova paixão! Eu devo ser a maior devoradora de series de sempre (vá segunda, lembro-me de uma lista que uma menina da blogo fez sobre as séries que via e ficou-me a ganhar por poucas).

A minha "nova" paixão é a serie Arrow baseada nas histórias aos quadradinhos da DC comics, igualmente awesome. Uma série de acção, aventura e luta contra o crime tudo o que uma menina de policiais como eu também adora. Não sei mas nestas coisas acho que não tenho um gosto assim tão feminino como tudo.

Pronto basicamente eu não tenho jeito para divulgar series nem explicar porque gosto delas nem o que elas tem de fantastico. É uma serie que me faz fervilhar de vontade de passar ao proximo eposódio. Podem ver o Green Arrow (personagem principal), Canário Negro, Flash, a filha do Ra's al Ghul, Nissa e fala tambem da League of Assassins...

E estou em pulguinhas para que a terceira temporada saia!!!




Não que a série estar repleta de homens interessantes à minha vista seja o factor decisivo mas que ajuda a uma pessoa andar animadita ajuda!! (especialmente ali o "Arrow" e o "Roy" - Os dois primeiros)

Suits

Tive conhecimento da série Suits pelo blog Fly Blackbird mas como está não é o meu tipo de séries acabei por não me interessar muito. Incrível como em imensos blogs fui encontrar boas criticas sobre a série e pronto rendi-me! Finalmente dei-lhe uma oportunidade e estou a adorar. É uma série girissima mesmo para quem não se interessa pela área porque as histórias estão super bem construídas e há enredo. Tudo faz perfeitamente sentido. Há imenso tempo que não via uma série com este nível. E estou a devorar as temporadas todas!!
Obrigada por divulgarem boas séries. God, a Donna é tão awesome!! 









Pus a preguiça de lado!!


Hoje foi dia de começar a organizar fotografias! Há meses que tinhas as fotos de mim e do meu irmão bebés (e até dos meus pais em solteiros) digitalizadas para ordenar. Há coisas que não merecem ser perdidas. Finalmente pus a preguiça de lado!!

Nem tudo é linear




Porque a maturidade e capacidades duma pessoa não se mede pelo numero de passos que dá em frente mas sim na capacidade de recuar quando é preciso.
Ui que filosófica que estou.

Cartão de cidadão

Porque escolhi a Nina dobrev? Porque temos uma estrutura física semelhante.
Apesar de não termos feições parecidas.

Cartão de cidadão finalmente tratado!!
Depois de tudo entupido já houve uma vaguinha para nós. 

O que posso dizer?
Ora fiquei melhor na foto!! Já não pareço uma assassina mas sim uma uma presidente da junta corrupta. A minha assinatura ficou com a letra igualzinha a que tinha quando fiz 8 anos. E tenho um indicador com uma impressão digital teimosa. Excelente caso me apeteça assaltar bancos.

Miss lula...




Aqui a miss lula ainda não foi à praia. Tem surgido vinte e um mil imprevistos: Ora chova, ora faz frio, ora está vento, ora tenho coisas combinadas, ora estou naquela altura do mês, ora não me apetece... O corpo pede praia, pede perder esta cor de lula já tão minha. Se não tivesse sido dia 10 de julho que teve uma tosta descomunal e o meu topzinho também estava uma lulinha nos braços.

Saudades...




Andei a fazer me de forte a lidar demasiado bem com o facto de não ver o meu rapaz à 3 semanas. Parece que agora a saudade me apanhou de rajada. Sinto a falta dele nas pequenas coisas do dia a dia. De o ter ao meu lado e de um beijo ou abraço resolver tudo. Sem que nada tivesse a ver connosco directamente, estivemos envolvidos numa situação complicada. E eu precisei dele e infelizmente ele não pode vir a Lisboa. Quem me dera que ele não tivesse atulhado de trabalho, reuniões, deadlines, lançamentos... apesar de apoiar todas as conquistas dele e de ele tentar fazer render os nossos momentos aos máximo, tenho saudades do tempo em que era só mais um universitário com talento. Falta uma semana e uns dias para o ir ver. Está quase! E é nisso que tenho de me focar...

Nova actividade...




Parece que me deixei de coisas e me meti num projecto da minha faculdade e vou estar mais atarefada este ano. Já estava a pedir algo e se isto correr bem quero continuar a saber que actividades a minha faculdade organiza e onde posso ajudar e aprender mais e melhorar o meu currículo que está demasiado levezinho...

Estou a participar numa rubrica do blog da Indigo ! Dêm uma vista de olhos no post desta semana!!

Underwear, só a mim...




Foi educada que as marcas não são importantes e que compramos não porque é de marca mas porque gostamos. Se por acaso o que gostamos é de marca compra-se se não não há problema nenhum, melhor para a carteira. 

Ora na minha roupa interior tenho basicamente selecções e nem todas são do conjunto do soutien (intimissimi, oysho...) muitas das vezes aproveito descontos e compro de outros conjuntos do continente. Baratinhas e básicas para misturar com as melhores porque nem sempre se pode andar de rendinha, neh?... Nesses dias não há nada pior do que ser um homem na caixa ali a vasculhar na minha roupinha interior a plaquinha com o código de barras. Hoje foi um desses dias... Ai pai porque raio escolheste uma caixa com um homem ainda por cima novinho?! Só vergonhas, só vergonhas...

Isto merece ser noticia?



No outro dia estava a ver um jornal e uma das noticias era: Bebé de Vera Kolodzig vai vestir roupa usada. 
Sem nenhum critica as respostas da atriz mas apenas o tipo de jornalismo. Não entendo onde é que isto é noticia, muito menos motivo de espanto. Foi sempre algo que toda a gente fez e quem não o fez é porque não tinha com que partilhar roupas ou não tem amor ao dinheiro. Não entendo se alguém tem vergonha nisso. Antigamente as pessoas eram obrigadas a tal por não haver dinheiro e as roupas eram usadas até não poder haver mais remendos. Actualmente não é necessário ir até tanto mas quando as crianças são pequenas é ridículo comprar um carrinho novo quando há lá em casa um bom ou roupinhas... Quando para mais num mês o bebé deixa de caber em tudo o que lhe foi comprado.

Finalmente Compras!!




Hoje houve um pequeno atrito cá em casa e aproveitei isso para ir desanuviar para o shopping aproveitar aos saldos. Ora que grande tristeza... Só comprei uma blusa e um casaco de cabedal em saldos e mesmo assim nem a 30 euros chegou a poupança. Onde é que estão os saldos que realmente valem a pena?

No final de contas acabei por trazer nada aquilo que esperava... Ia eu toda feita que era preciso camisolas de manga curta para verão e meia estação e nada... Outra coisa que me incomodou foi o tamanho das camisolas... porque raio é que sou obrigada a comprar camisolas pelo umbigo sob pena de nada na loja gostar? Sim, esta nova moda peregrina de que TODAS (tendo corpo ou não para isso) temos de andar de umbigo à mostra. Não que tenha vergonha da minha barriga, muito pelo contrário. Entre todos os meus defeitos a barriga não é um deles mas não acho próprio.

Entre mortos e feridos safei-me mas foi na Zara e na Stradivarius onde comprei uma túnica branca linda, um top arrendado e um casaco de cabedal e dois tops, respectivamente. Pelo caminho já cá vieram parar tambem umas sandalias da Accessorize

(Imagens estão no instagram: esta, esta, esta, esta e esta)

Eu casar-me?

Disse que havia de escrever este post e depois de tanta menina perguntar se não me queria casar. Aqui está a resposta!!


Como a maioria das meninas também eu gostava de um dia ser noiva. Sei exactamente qual o tipo de vestido que usaria e mesmo passando anos e anos o meu gosto não muda. Mas não sonho com um casamento de princesas. Não sonho com nada grande e se me casar casei mas se não pronto não fico mais triste por isso. O casamento ideal para mim seria eu, o noivo e a familia chegada não mais de 20 pessoas. Tudo o que excede isso já acho demais para o tipo de pessoa que sou. 
Se depender do meu namorado já me mentalizei que nunca me irei casar. Ele é o mais anti estas coisas possíveis.

Ainda há coisas boas...




Gostei do destaque que o Rui Costa, ciclista, teve nestes últimos dias... é bom saber que há cada vez mais desportos com visibilidade. Eu não sou nada adepta deste desporto mas há que reconhecer o mérito às pessoas e ao seu trabalho. Infelizmente a tv tem-se focado demais no mundial e no campeonato. Portugal ainda tem muito que crescer nos desportos e preocupar-se com os seus atletas porque há pessoas a fazer incríveis milagres em condições deploráveis e a única coisa que lhes sabemos dizer é: Epáh estes nem uma medalha trazem... 

Esquecem-se de nós...




Houve certas coisas que vi, à uns tempos, que me deixaram bastante afectada. Uma critica banal mas que talvez por me rever me complicou com o sistema. Há todo um estigma face às pessoas gordas, sempre se falou... há todo um gozo, bocas, necessidade de afirmação... chamem-lhe o que quiserem! Como é que uma pessoa mais cheiinha que se diz vitima do gozo dos outros pode, sem pensar duas vezes, gozar com quem é magro demais? Não há direito de confundir magreza com as doenças sérias que são a bulimia e a anorexia e gozar por cima.  

Toda a minha vida vivi abaixo de peso não por dietas mas porque o meu lado genético e hormonal assim me permite. Vivo bem em ser assim não tenho complexos em ter mais ossos e menos curvas, não me incomoda usar bikini... Já passei essa fase actualmente tenho 42 quilos para 1,55m e apesar de ter formas e de ser saudável tenho peso a menos e não estou tão bem fisicamente como poderia estar. Faço deste post o meu caso pessoal porque não tenho o direito de usar a história que motivou o meu post. Não como tudo só por ser magra porque acredito que acima de tudo devemos ser saudáveis e enchermos-nos de gordura não é saudável... E não há nada pior do que magra e cheia de celulite. Essa é a minha luta, engordar saudavelmente... Como bastante bem apesar de as frutas e os legumes serem os meus maiores erros. 

Não entendo porque o meu peso me tem de definir, não entendo porque o meu peso tem de gerar conversas e teorias sobre o que sou. Quando na sua maioria não sabem de nada nem sequer me conhecem. Para todos aqueles com peso a mais que algum dia me (e qualquer um) acusaram de doenças demasiado graves para serem brincadas assim, ganhem consciencia! Pensem duas vezes antes de falar porque há sempre os dois lados da moeda. Ninguem é perfeito e ninguem deve ser massacrado só porque alguem não concorda com aquilo que somos. Não há só bullying porque somos gordos, feios, com problemas físicos complicados... Tenho dito!!

Estou viva!!

Eu estou viva!! Estes ultimos dias foram complicados e não deu para vir ao pc, infelizmente tambem fui atacada por uma imensa falta de inspiração e não sei o que fazer para ela passar. Espero que rapidamente possa voltar ao comando do blog, em pleno!! Por agora? Vamos ver o que consigo fazer/dizer.


Wedding Season




Já lá vai o tempo em que todo o santo ano tínhamos de gerir bem o calendário porque os convites para casamentos multiplicam-se, agora cada vez vem menos... Então este ano foram rigorosamente 0. Estou nos 20 portanto se calhar isso também tem a ver... Demasiado nova para ter amigos a casar, demasiado velha para os amigos mais novos dos meus pais... Sou mulher e sou bastante feminina portanto casamentos fazem parte dos eventos que gosto de ir. Primeiro porque a comida é sempre maravilhosa (omg omg omg o meu estomago está a ter lembranças maravilhosas...), depois toda a rotina do arranjar e comprar roupa é-me muito interessante.
Seria mentir que muitas vezes se aceita os convites completamente à pelintra porque muita das vezes só se conheçe os pais dos noivos porque somos primos afastados e fica mal dizer que não. Sem duvida que os melhores só aqueles em que vamos mesmo porque os noivos são pessoas que nos dizem muito. Pode ser que daqui a uns aninho sejam os meus amigos a casar e quem sabe efectivamente um dia poderei ser madrinha de algum... Algo que adorava!! Mas casar-me? Isso já é para outro post!


Sono em dia!



E desde que as férias começaram não tenho feito rigorosamente nada... Tenho aproveitado para por o sono em dia e sinceramente tenho tido imensas dificuldades em aqui escrever porque como não se tem passado nada acabo por não ter nada que contar. Estava a precisa de esvaziar a cabeça porque este ano foi tudo menos calmo e mesmo comigo as coisas não andaram como deviam andar. Tudo se arranja, não é verdade?


A minha mini cunhada




Adoro, adoro a relação que o meu namorado tem com a irmã dele. Um tipo de relação que eu e o meu irmão jamais vamos conseguir ter, é pena. Eles são os meninos dos olhos um do outro. Realmente nem há como descrever a relação deles, só vendo. Como ele não é de Lisboa conhecer a família dele é um quanto ou tanto complicado, vou conhecendo um a um quando podem cá vir acima e nestas semana  irmã dele esteve cá. Não foi a primeira vez que a vi mas tem sempre super piada porque olha para mim de olhito esbugalhado e gosta de me dar a mão. Acho um piadão. Ela deve ter uns 9 anos e tem imensa graça. Este ano não tivemos a hipótese de passear com ela os dois como no ano passa, tive imensa pena. E tive direito a mais uma pulseira de elásticos que segundo me foi dito andou uns bons tempos na carteira do meu namorado sem que ele ma desse porque se esqueceu. Ai os homens...

P.S. Passem pelo blog da Indigo há uma nova rubrica onde eu e outras meninas estamos a participar

Ella na Cozinha | Tomates Assados

E porque ainda não tive tempo de fazer refeições mais elaboradas hoje vou falar de mais um ingrediente que adoro o Tomate.
Um ingrediente super versátil e que prefiro mil vezes usar natural do que molhos já feitos. Dá para todo o tipo de refeições.
É costume quando o jantar não é nada de mais eu fazer um pãozinho com algo mais interessante como entrada. As chamadas, bruchettas. As minhas preferidas são as de tomate e costumo fatiar o tomate e cobrir com queijo e deixar gratinar mas desta fez fiz diferente. Já andava com a pulga atras da orelha sobre levar o tomate a assar e depois de um episódio do chef Ramsey ficou mesmo decidido.

É uma entrada super simples mas um quanto ou tanto demorada. Cerca de 40-50 minutos.



Hoje foi longo...


Um dia longo. É o que posso dizer de hoje. Não dormi nada de jeito e acordei cedissimo, rumo a castelo branco para com os meus pais levar a minha avó à terra de quando era pequena. Ela tem lá casa e sinceramente enquanto lá está é menos que nos chateia. É uma relação complicada a que temos e sinceramente não me apetece explica-la. Cheguei agora a casa completamente de rastos não porque a viagem foi longa ou porque conduzi muito. Na verdade trocamos e foram só duas horas para ir e outras duas para vir. O pior foi o calor. Uma pessoa morre com 40 graus. Estou uma passa de uva. 

Logo há nova receita, desculpem ser só uma entrada mas ainda não tive tempo para ir comprar o que preciso nem tempo para cozinhar algo melhorzito.

A ditadura do dinheiro


Já desisti de achar que alguma coisa pode mudar. Somos uma sociedade que vive pelo dinheiro e para o dinheiro. Não conseguimos acabar com a corrupção, com as policias destruidoras. Eu sou uma capitalista assumida. Detesto o comunismo, acho que é a pior ditadura de todas pois apenas torna todos igualmente pobre e sem direitos porque só o núcleo forte é que é rico e que toma decisões. 

Acredito no sistema privado, nos fins lucrativos, da procura-oferta pois sei que se tivermos tudo do estado vamos deixar-nos levar pela preguiça. Sou contra os subsídios de tudo e mais alguma coisa. Acho que se em vez de pagarem as pessoas para ficarem em casa, pegassem nesse dinheiro e fossem criar fontes de emprego para as pessoas poderem justamente ganhar dinheiro. Devemos lutar por tentar ganhar o mais possível e isso implica ser produtivo o que leva ao sucesso da sociedade. Mas esse é o problema parece que ninguém liga ao trabalho limitam-se a receber e não fazer nenhum, desviarem dinheiro, criarem buracos financeiros... Detesto ouvir histórias de que x está com o subsidio de desemprego mas não aceita empregos porque o subsidio é pouco menos que o que oferecem e assim tão de férias. 

Viva a burocracia, viva a preguiça e a boa vontade dum povo que é esmigalhado e que não faz nada para que o tratem com o respeito que merece. 

Viva aqueles que não fazem nada para ser mais do que o estado lhe diz que pode ser. Viva aqueles que acham que no tempo do escudo é que era e que o Salazar é que fazia falta. Sim porque se olharmos para um coisa apenas duma perspectiva naturalmente só há vantagens. Esquecem-se é que não há cofres cheios sem ditadura, sem tudo controlado, sem globalização e sem alfabetização, sem bens que temos como garantidos.

Há coisas que leio que só me fazem ter vergonha de partilhar ADN com aquelas pessoas, algumas mais idiotas que os nossos amigos primatas. 

Questionem-se, arrisquem, errem, acertem... Porra se não nos mudarmos não podemos pedir que o mundo mude. Não sejam os seres acefalos que os donos do mundo nos querem tornar.

Comidinha da boa...




Não sei se me acompanham no instagram mas eu sou uma adepta de boa comida. Especialmente feita em casa, não vão encontrar fotos de comida de restaurante mas apenas aquela que sou eu que faço cá em casa ou com o meu namorado. Ele tem um leque de cultura gastronómica bastante superior à minha, é com ele que como ingredientes novos, que faço as experiências e que aprendo. Mas, para mal dos meus pecados, parece que acabou a papa doce... agora a bola está do meu lado. Tenho um verão inteiro para me preparar para em Setembro ser eu a mostrar-lhe pratos e ingredientes novos.
Parece ser um desafio e pêras porque este menino gosta de tudo e comeu de tudo, já eu... sou uma esquisitinha do pior. Lá vou eu empenhar-me e tentar mostrar-lhe que eu também sei fazer coisas diferentes e arrojadas.

Insuportavelmente



Insuportavelmente quente, a melhor descrição para o meu dia de hoje. Aquilo foi a tosta, não sei se pelo instagram repararam que andei pelo centro de Lisboa. Andei a mostrar a cidade a uma amiga, que conheci aqui na blogo, do porto porque ela ia ao Alive... Foi giríssimo mas íamos derretendo à espera de transporte porque havia uma manifestação da CGTP a complicar o transito. Nem imaginam a quantidade de gente que andava por Algés.

Cheguei a casa viva, espapaçada mas sem escaldões.... Yeeeeeeey!!

P.S. Passsseiiiii a mais uma cadeiraaaa!! Omg omg mesmo à justinha mas passei!! F*ck yeeeaaahhh!!

Devo ter batido com a cabeça



E sabem o que é que eu fui à procura na net? De um livro de anatomia para ler nas férias...
É nestas alturas que sei que não sou normal e que todo o mundo concorda comigo. Isto de não fazer nada não tem nada a ver comigo...

continuo sem compreender..


E eu que gosto tanto da versão dela desta musica, ai porra porque que a moça tem talento mas depois mascara-o. É o que vende, está claro...

Questões...


Se alguém que toque vir o raio da guitarra e isto não for uma guitarra for um baixo peço desculpa ahaha mas acho que é mesmo uma guitarra porque senão tinha 4 cordas. epah não sei... conta a intenção.


Eu não toco guitarra com muita pena minha mas o meu namorado toca e tenho imensos amigos que também tocam... Há coisas que sempre me feriram a vista, quer dizer para mim a guitarra toca-se abaixo da barriga (ou como amigos meus dizem: A guitarra é para tocar à frente do piço) mas há moços que andam a tocar guitarra eléctrica como tem toca cavaquinho ali em frente as mamas. E um pessoa questiona-se sobre o que raio é aquilo e não é preciso ser um génio para perceber que aquilo é o mais anti natura possível.

Só tenho duas coisas a dizer...





Muito fraquinho mesmo este jogo Alemanha-Brasil, só tenho duas coisas a dizer:
  1. Alemanha porque é que não fizeste isto com os states também? Caraças nós só perdemos por 4!! 
  2. O Karma é uma coisa lixada... Tanto mal foi dito do nosso jogo com o Alemanha que parece que lhes foi dada uma lição.
Eu pessoal preferia que a Alemanha Ganhasse mas sei lá por 1-0 porque eu tenho a opinião de que se é para ganhar que ganhe aquele que nos derrotou. Claro que gostaria também de ver a Merkel ressabiada mas queria que fosse connosco. Quero ver se as capas dos jornais brasileiros, amanhã, vão ser tão más como foram para nós.

10 de Julho - Optimus Alive.




Parece que não vou fugir à regra e dia 10 vou passear por Algés. Não, eu não vou ao alive mas vou conhecer uma blogger minha amiga de à imenso tempo, que nunca estive pessoalmente, que vai ao festival... Não podia estar mais entusiasmada. Quero aproveitar para lhe mostrar belem e o resto da terra onde cresci! Espero que, mesmo sem saber, me possa cruzar com algumas de vocês que rumem à capital!!

E para estas férias?




Está decido, vou voltar a dar mais atenção ás minhas fotos. Desde o verão passado que ficou tudo em stand by com a faculdade e gostava mesmo de voltar a dar-lhes a atenção que merecem... bem como a minha coleção de pacotes de acuçar. Qualquer dia falo sobre ela!!
Custumo publica-las num site mas tenho conta com o meu nome mesmo, pode ser que altere isso e vos possa mostrar algo que me dá tanto prazer fazer...

Educar é diferente de Ensinar...




Se há coisa que tenho reparado nos últimos tempos é uma degradação da educação em casa. Os pais parece que se demitiram do seu papel enquanto educadores e passaram-no para as escolas. Pergunto-me como uma instituição que tem o papel de ensinar alguem pode ensinar e educar ao mesmo tempo? Especialmente quando não tem tempo, nem é respeitada... Eu acho que a educação parte de casa, que é importante chegar ao mundo com valores e com respeito pelo próximo e por nós mesmos. Infelizmente cada vez menos se nota isso.
Parece que se esqueceram da importancia de fazer ver aos meninos o que é errado ao certo, de lhes mostrar que tudo tem consequencias sejam elas boas ou não, de que o não é uma palavra constante e que temos de aprender a lidar com ela.

Ella na Cozinha | Pimentos Recheados

Andei as voltas a pensar como ia começar esta rubrica, todos sabem que ando a tentar alterar a minha alimentação e a fazer pratos com mais verduras. Pesquisei bastante e ainda fiz uma lista bastante grande de receitas a experimentar mas para contrariar começo com uma alimento que uso desde sempre.

Nunca gostei muito de frutos e legumes mas há excepções que adoro como o caso do tomate e dos pimentos. Não são poucas as vezes que os frito ou os coloco em pratos que faço. Estes são alimentos que não me vou cansar de partilhar.
A inspiração para este prato veio da dieta da minha mãe. Um dos seus snacks (dica da Ágata Roquette) são umas forminhas com ovos mexidos que vão ao forno e pensei porque não rechear também os pimentos também com ovo? Se calhar estou a cometer um crime nutricional mas não importa. Pode ser uma refeição rápida e no fundo não estamos a empanturrar com coisas piores. Lembrei-me de partilhar esta receita pois quando publiquei as fotos no instagram pediram-me para partilhar a receita e porque não aqui também?

Os meus pimentinhos feitos com a receita abaixo

Costumo usar esta receita  para prato principal em dias em que os tenho no frigorífico e que sinceramente não me apetece sujar loiça. Não tenho propriamente uma receita porque geralmente uso o que quer que esteja no frigorífico.

Ingredientes
1 pimento dividido em dois.
1/2 ovos (sinceramente depende muito do tamanho do pimento, eu costumo usar 1 ou 2 ovos porque é para entrada podem sempre usar mais se quiserem para prato principal)
Sal e Pimenta qb.
Mozarella Ralado

Preparação:
É importante retirar todas as sentes e parte mais duras que ele possa ter com todo o cuidado para não furar o pimento. Numa tigelinha à parte bater os ovos, tempera-los e juntar uns fiozinhos de mozarella ralado. Podem colocar o que bem vos apetecer para alem disto, fiambre, Bacon, sobras de carne grelhada... Rechear o pimento e levar ao forno em lume medio durante no mínimo 20 mim... eu não meço tempo faço a olho vejo quando o ovo parece estar cozido as vezes é rápido outras nem tanto... Quando o ovo ja estiver cozinho colocar mais uns fiozinhos de mozarella por cima e deixar derreter.

Dicas: Cobram os pimentos com papel de alumínio para não queimar.
Espetem um palito em cada metade do pimento antes de cobrir com papel de alumínio para o recheio não colar ao papel.


8 cm a menos




Ontem estive o dia todo fora, à meses que andava a precisa de cortar o cabelo e o desfrizar. Ontem foi o dia!! Eu adoro ser mimada mas sinceramente 4 horas no cabeleireiro dá cabo de mim...Tive de esticar 2 vezes com prancha mais por produtos ai eu não vos digo nada... 
Felizmente só faço estas tardes de ano e meio em ano e meio... Se não passava-me. Ontem à noite estive com o meu rapaz que vai agora para casa. Um mês até voltarmos a estar juntos... espero que passe a correr!!

A-Z | Músicas




Encontrei esta ideia no blog da Violet, a ideia não é completamente dela mas uma adaptação dum desafio de A-Z de series que também arranjarei forma de fazer.
Então é assim para cada letra do alfabeto faço corresponder uma música que goste, não são obrigatoriamente a minha preferida daquela letra mas uma das preferidas. Quis tornar esta lista o mais heterogénea possível e que reúna todas as bandas que gosto. Posso depois ir partilhando algumas no face do blog...

A - Addicted to pain (Alter Bridge)
B - Behind Blue Eyes (Limp Bizkit)
C - Call Me (Shinedown)

D - Devour (Shinedown)
E - Everybody's Fool (Evanescence)
F - Fake it (Seether)

G - Gunfight (Sick Puppies)
H - Heartbeats (José Gonzalez)
I - In loving Memory (Alter Bridge)

J - Just tonight (The Pretty Reckless)
K - Kryptonite (3 Doors Down)
L - Life Burns! (Apocalyptica ft  Lauri Ylönen)

M - Make It Stop (Rise Against)
N - Not Gonna Die (Skillet)
O - One (U2)

P - Prayer of the Refugee (Rise Against)
Q - Quase Sem Querer (Maria Gadú) Era a unica com Q que tinha...
R  - Riverside (Agnes Obel)

S - Somewhere (Withing Tempation ft Anneke van Gie)
T - Ties That Bind (Alter Bridge)
U - Util the day i die (Story Of The Year)

V - Video Games (Lana Del Rey) Era a unica com V que tinha...
W - What Have You Done (Within Temption ft Keith  Caputo)


Y - You're Gonna Go Far. Kid (The Offspring)


DESAFIO LUCKY 13 | No Ecrã do Meu Telemóvel...

Este é o novo desafio do blog Lucky 13. Que consiste em mostrar qual a foto que temos no nosso telemóvel e o seu porque? Infelizmente este não é o ecrã do meu telemóvel mas sim o do meu tablet. Não o pude partilhar porque o fundo sou, basicamente, eu. Uma foto de perfil mas que se nota mesmo que sou eu. Porque que tenho essa foto? bem, eu sinceramente não sei porque a escolhi à 2 telemóveis atrás. Infelizmente perdi esse telemóvel e só mo foi entregue porque felizmente foi entregue por que foi encontrado por quem me conhecia. Desde ai que mesmo mudando de telemóvel a foto fica sempre a mesma.

Esta imagem, foi tirada por mim e é só uma das fotos que mais gosto de todo o sempre... Esta é só uma pequena parte, no resto vê-se mais a serra e a linha do comboio. Tirei esta foto à 2 anos atrás na estação de Tormes, imortalizada pelo escritor Eça de Queiroz no livro "a Cidade e as Serras". Não sei se sabem mas um dos meus amores é a fotografia... Adorava um dia fazer um curso. Tenho uma Sony Alpha 230 que é a menina dos meus olhos. Não fazia sentir colocar outra foto que não esta.


E depois da ausência estou de volta!!




Estive demasiados dias sem cá por os pés, desculpem-me por isso mas gerir exames e blog quando se depende deles para passar é mesmo complicado. Tenho toneladas de posts para ver, toneladas de comentários para responder e obrigada por mesmo sem cá estar me virem deixar comentários. São uns queridos.

Agora estou de férias... mas ainda não tenho nenhum plano quer dizer vou conhecer uma menina daqui yupiii que já é uma amiga já à uns 2 anos mas fora isso estou completamente com tempo livre. Vou iniciar a minha busca pelo meu rodinhas de sonho (ou quase).