Porque tem limites

27.4.14

Eu sou assim: Gostas, então fica mas se não gostas, vira a cara e passa para o outro lado do passeio mas nem penses em me vir fazer a vida negra que daqui não levas nada.

Não sou a típica rapariga de toda a gente gosta, respondo torto, sei impor-me não me preocupo se aquilo que disse foi na altura certa ou não. Se foi dito é porque tinha de sair.

Detesto toda a gente que faça o contrario: que me minta, que me tente enganar, que se faça de bonzinho mas no final me espeta uma faca nas costas. A esse tipo de gente só digo que não se cruzem no meu caminho porque quem me faz deliberadamente mal, eu não sou branda. Não sou uma boa pessoa que engole tudo, não tento arranjar forma de conciliar as coisas, levo tudo à frente porque nada é mais importante que me respeitarem. 

Eu não engano ninguem, não esperem de mim perfeição que eu não a dou. Não esperem de mim capacidade de perdoar tudo. Eu não sou assim e sabem disso. Eu sou uma mulher de armas (que aprendeu a se virar sozinha em qualquer situação) que faz de tudo para se proteger e proteger quem ama e quem ousa magoar o que amo está oficialmente queimado.

Não sou gaja de guardar rancores, sai tudo no momento e assim espero que fique resolvido. Cada um segue o seu caminho e nem pensem em vir pedir-me batatinhas porque se querem o melhor de mim tem de o merecer. Eu sou um pessoa extremamente lear, preocupada, e protejo quem amo a todo o custo. 

E quando essas pessoas estão ao meu lado. As recebi no meu coração então ai está tudo estragado.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Sou tal e qual tu, sem tirar nem pôr :)

    ResponderEliminar
  2. Gostava de ser assim, mas não consigo. Acho que um dia ainda vou chegar perto disso mas não ainda.
    PS: Tens um desafio no meu blogue: http://be-yourself-mi-2.blogspot.pt/2014/04/desafio.html

    ResponderEliminar
  3. Passou-se algo? Digo isto pelo que escreves-te no post final e da "raiva" toda deste texto...
    Mas sou como tu!

    ResponderEliminar