Os meus vicios.


Sou apaixonada por mesas bonitas, gosto sempre de inovar, fazer muito com pouco. 
As mesas em dias de festa ficam sempre a meu cargo. Uma mesa bonita dá logo outro aspecto.

 Tumblr 

A sonhar com o verão.


Já ando a sonhar com o verão... Os dias começam a ficar maiores e o sol a aparecer mais e melhor. Se bem  que hoje teve um dia horrível. Sinto saudades do sol, muda completamente o meu humor. Fico tão mais cheia de vida. Eu não dava para viver naqueles países nórdicos que só tem o sol por poucas horas, dava-me cabo do juízo. Verão é calor, verão é praia, verão é carro para mim. Mas verão também é ter o moço longe. Tem um sabor tão agri-doce mas planeio mudar um bocadinho mais isso. 
Veremos como se proporciona.



Honey boo boo






O programa da Honey boo boo deve ser o unico em que sempre que dá o anuncio de apresentação eu grito "Nooo" salto para a mesa, trepo pelas cadeiras e atiro-me para tentar mudar de canal antes que os meus olhos seja feridos por algo nitidamente porco e javardo.  Apenas vi o anuncio uma vez e 5 mim da série e fiquei traumatizada. 

A minha questão é muito simples: Porque raio esta série existe? Quem gosta de ver tanto porcalhamento junto?


Pude-me dar ao luxo, mas acabou...


Esta semana pude dar-me ao luxo de chegar a casa e não fazer nada porque não queria. Os primeiros trabalhos estão a chegar e parece-me que esse luxo chegou ao fim, agora é aproveitar para meter mãos à obra e não deixar nenhuma cadeira para trás. Este semestre cheira-me que vou ter um enorme desafio, a treta duma física. Não sei se já disse aqui mas sou um desastre nessas cadeiras. Espero que nesta seja diferente e que passe. Eu só peço que passe.

 Tumblr 

E a saga continua...


Lembram-se deste modelito em preto que eu odiei profundamente e até publiquei aqui parece que este modelo de sapatos resolveu fazer-me pagar pelas palavras e invadiu o meu tumblr. Oh sorte maldita.

 Tumblr 

O stress dos ultimos dias...


Nem sei bem o que dizer dos ultimos dias foi tudo demasiado a correr. Foram dias particularmente dificeis mas ando a tentar mexer-me para que se tornem mais simples. Estou a torcer para que tudo corra bem.
Quanto à faculdade parece que foi agora que tudo me caiu em cima e tenho de dar vazia as coisas senão vou ter sérios problemas. Já descobrir quais as cadeiras que mais vale esquecer as aulas e que mais vale sozinha (e não são poucas), já tenho toneladas de matéria para por em dia. Ah férias voltem! E esta  mediocridade de férias de Carnaval não vão sair nada como quero. 

Das compras que eu preciso.


Eu não consigo chegar a um shopping e escolher uma catrefada de coisas para levar eu sou daquelas que tem a ideia de "eu preciso de me apaixonar pela roupa". De vez em quando cruzo-me com a peça dos meus sonhos e eu ali sem tempo ou dinheiro mas quando vou propositadamente não acho nada que goste. 
Irrita-me tanto, ultimamente não vejo nada bonito nas lojas... nada que seja eu. Mas verdade seja dita não ponho os pés numa loja à dois meses. Ando com desejos de compras. Será que isso é possível? xD
E ainda não fiz a minha paragem semestral num outlet (Sim porque a vida tá cara e se quero roupinha melhor tem de ser assim. Especialmente malas,  lingerie e sapatos que só gosto de marcas boas)
Hei-lo! O momento fútil do dia.


O meu espacinho no mundo.


Não sou de ainda ambicionar ter o meu espacinho no mundo, a minha casa. Neste momento sou feliz em casa dos meus pais e acho se sair é apenas porque quero ir viver com ele. Já falamos varias vezes sobre o assunto, não que seja algo que vá acontecer em breve mas para discutir a forma de ver as coisas. Ele tem muito mais o sonho de sair de casa que eu. Ele também actualmente não está na casa dele portanto é normal ter vontade de ter um sitio em que mande ele. Não me importava nadinha de passar a acordar todos os dias com ele ao meu lado. 

Do que se aprende com a faculdade.


Das coisas que eu mais aprendi com a faculdade, infelizmente não temos a capacidade de o aprender antes, é que nada corre bem à primeira. Que perdemos tempo com alguma coisa e depois de, finalmente, ter um caminho para seguir temos de ir caindo nos vários buracos e levantar de novo sem nunca desistir.  Todos temos ou tivemos aquela cadeira/as que nos deu cabo da cabeça, que nos matamos, que fizemos directas... Que depois de tudo parecer que está perdido começamos a perceber que somos capazes, que nada foi em vão. Isto não invalida que certas cadeiras não precisem de ser desistidas. Eu tomei uma decisão num dos meus semestres de desistir duma cadeira com menos créditos para ter tempo para fazer o cadeirão do curso e não me arrependo em nada. Apesar de ter ainda uma pendente, o cadeirão ficou feito. E muitos dos que me achavam doida por desistir sem dar luta ficaram para trás no cadeirão e ainda estão à dois semestres a tentar faz-lo.

Dos meus sonhos cliché...


Sou o tipo de rapariga/mulher que sonha ter um closet enorme e todo organizadinho.
Desde pequena que este é o meu sonho fútil pode ser que um dia quando eu for (se for) uma engenheira rica consiga dar-lhe forma.

A minha palavra ainda tem valor.


Eu sou um bocadinho "old school" e ainda acredito no valor da palavra. Isto é, se dou a minha palavra nalguma coisa, cumpro-a! Bem simples e funciona para casos sérios e menos sérios. Parece que nem todos pensam da mesma forma que eu. 
Especialmente em grupos de trabalho o profissionalismo é algo que aprecio. Sou a maior apologista do conhecido "amigos, amigos negocios à parte" e gosto que quando me dão a sua palavra ela seja cumprida. Não me interessa se conheço ou não a pessoa detesto ficar na mão logo não deixo ninguém dessa forma. 
Nada pior do que uma pessoa pensar que tinha um assunto resolvido e à ultima da hora a pessoa desdiz-se toda e temos um problema gigante para resolver em horas. Escusado será dizer que nunca fica bem resolvido como se as coisas fossem ditas a tempo e com respeito aos outros porque este esta e deixa de estar, deixa-me fora de mim.

Orgulho

Nada me irrita mais que o orgulho, não faz sentido. Compreendo, porque até eu mesma sou assim, que é difícil assumir que estamos errados e que muitas vezes não damos o braço a torcer. Mas tantas e tantas vezes vi pessoas de quem gostava tomar atitudes parvas porque simplesmente um desculpa ou um obrigada é demasiado difícil de dizer. E não deve ser difícil. São palavras maravilhosas e que todos gostamos de ouvir e que temos também de o dizer porque os outros o merecem. Temos que lutar pelas coisas que amamos e abdicar destas palavras é abdicar delas. 



Concertos


O meu rapaz é o roqueirozinho tal como eu somos fãs de um tipo de musica que nada tem a ver com a forma com que nos vestimos e sempre que há qualquer concerto de certa forma destoamos um bocadinho da multidão. Não que me importe porque gosto da dessa versatilidade mas é engraçado de ver.

Da minha inspiração





Eu sou aquele tipo de pessoa que nunca faz o post e o publica no mesmo dia. Ora porque não quero que quem me conheça ligue os pontos quer porque sou uma pessoa que tem rasgos de inspiração, por exemplo, estou semanas sem escrever nada com mais que 2 linhas e semanas como esta que escrevo 50 posts quase vá foram apenas 34. Semanas em que chego ao cúmulo de ser 3 da manhã e ainda estar aqui a contar coisas sem parar mesmo não sendo nada util ou concreto, apenas falar.

"I Am a Ukrainian"

"Nós queremos livrar-nos de uma ditadura, de políticos que trabalham apenas para si próprios e só para garantir as suas fortunas, as suas casas e poder", acrescentando que quer dignidade para os ucranianos, que "são um povo civilizado mas governado por bárbaros".

“Não somos a União Soviética, não queremos tribunais corruptos, queremos liberdade”

"Vocês podem ajudar-nos a conseguir a nossa liberdade. Contando esta história aos vossos amigos, mostrando-lhes o vídeo, partilhando a informação. Falem com os vossos amigos, com os vossos colegas, com os vossos familiares, com os vossos governantes, e digam-lhes que vocês lhes exigem que nos apoiem antes que seja tarde de mais"

Porque nós sabemos o que uma ditadura é... Não custa partilhar, não podemos deixar a Europa ficar a assistir sem fazer nada.


UNICEF Tap Project


Ontem deparei-me com esta iniciativa no blog da Carolina. e resolvi também dar a minha contribuição. Duas horas e meia de telemovel quietinho. Assim que poder faço de novo.

É muito simples, é só ir a uniceftapproject.org e deixar o telemóvel parado o máximo de tempo possível.
Aproveitem quando estiverem a estudar. Obriga-vos a largar o telemovel e ajuda quem mais precisa. Até dia 28 podem contribuir :D

Não é necessáriamente preciso um Iphone como já li pois eu sou Android com o meu galaxy e foi sem stresses, vejam é a versão porque com o meu ipod que já é velhinho e a versão é tipo calhau não funciona. 

Gossip Girl | O que a casa acha...

As minhas ultimas semanas de puro tédio resultaram em ver quase duas temporadas do gossip girl, depois duma conversa com a Carolina.. Eu sempre disse que não ia ver esta sério e que não fazia o meu tipo.
Não me enganei a série não faz nada o meu tipo mas as personagens são apaixonantes. Tem imensa palha. Não consigo ver um episódio sem passar em frente de certas partes porque são chatas e demasiado girly stuff. O que me fez continuar? O Chuck!!


O gajo tem tanto de execrável como de fantástico e a personagem está tão bem criada mas tão bem criada e consequentemente a Blair! São uma delicia de  ver. 

Outra coisa que me fez realmente começar a ver foi a Taylor Monsen porque gosto imenso dos The Pretty Reckless e sempre ouvi coisas da personagem e decidi confirmar. 

Estava num dos primeiro episódios da primeira temporada e descobrir que a frase que mais gosto e que tantas vezes repeti e tantas vezes me aconselhou, que tenho em letras gigantes no meu quarto pertence a esta série. Fiquei deveras chocada mas pronto, a série é boa em frases lapidares é certo.  

Agora depois de já ter sido revelado quem é a gossip girl e eu ao começar agora só posso notar em erros craços nas primeiras temporadas. Quase de certeza que começaram sem saber quem devia ser e desenrascaram mas esqueceram-se do inicio.

P.S. o Chuck tem imensa piada mas tem um nariz horrivel, cada vez que o vejo penso sempre que de tanta bebedeira aquele nariz resulta é duma porta lhe ter aterrado no nariz. xD

De o ver de pijama


Já tenho saudades daqueles dias a dois, sem ninguém, apenas nós a namorar. Já tenho saudades de o ver de pijama a fazer o almoço para mim e das nossas brincadeiras. 
Tenho fé que este semestre vai ser simpático para nós, veremos!

E se ganhasse o euromilhões?


Já me perguntei demasiadas vezes o que faria se eu ganhasse o Euromilhões e fico meia perdida na resposta. Primeiro porque sou uma futura engenheira logo as probabilidades desencorajam qualquer pensamento, segundo é uma anormidade tão grande de dinheiro que nem dá para pensar e terceiro porque quem joga nem sou eu é o meu pai xD Eu pessoalmente só escolhi a chave 2x e dessas duas vezes ganhei 5 e 11 euros portanto não entendo porque não acreditam nas minhas estatísticas que sempre que jogo ganho xD

Mas sei de algumas despesas que gostava de ter.

  • Comprar um carro.
Desde que tirei a carta tem sido dificil conciliar horario com os carros desta casa e sinceramente um rodinhas meu é o meu sonho actual. Não precisa de ser todo de gama, precisa de ser pequenino mesmo à minha medida.
  • Voltar a Italia e conhecer Londres.
Itália é o meu país do coração à anos que ando a dizer que quero lá voltar mas o meu mealheiro para essa causa está deveras pesado com moedas de 1 cêntimo. 
  • Mudar o meu armário.
Já me queixei aqui que o meu armário anda respira roupeiro de menina. Queria coisas mais à mulher, bonitas... sem ter de me preocupar com o preço.
  • Ia mais vezes ter à terrinha do meu moço.
O moço passa as férias longe e ir lá torna-se caro, com o euromilhões até montava uma real barraca à porta dele xD
  • Tirava umas férias com o moço.
Porque a real barraca não me chegava, bem que nos sabia passar umas semaninhas pelo europa. Tenho tanto que lhe quero mostrar.
  • Comprava um pc novo.
Sim que aqui o meu bichano tá um bocadinho calhau... se bem que nos ultimos dias anda um miminho. Tudo a ver se eu me esqueço dos desgostos que meu deu e se não o mando para a sucata.
  • Mandava o carro do meu pai arranjar.
O carro do meu pai é todo jeitoso e agora tá ali com um risco no para choques e nas jantes que fica mesmo feito mas para lá de feio fica caro e há outras prioridades.
  • Mudava a casa da minha avó de cima abaixo.
A minha avó mora numa casa antiga, outrora já foi de topo de gama, mas agora tá velhota... Sim aquela casa acomudou a minha avó com a minha mãe na barriga. 
  • Comprava um carro ao moço.
O moço tal como eu anda a precisar de mobilidade. 

E claro como somos pessoas que frequentemente ajuda secalhar ser um bocadinho mais generosa e aumentar o leque e melhorar a vida dos outros era outra coisa que metia na lista.

e vocês?



Animais cá de casa


Esta casa nunca conheceu grandes animais domesticos, não porque não gostemos mas porque não conseguimos te-los. A falta de tempo é um grande entrave quer para os manter bem arranjadinhos quer para os deixar de barriga cheia ou levar a passear. Mas sempre tivemos peixinhos porque dão vida sem precisar de manutenção elaborada. Desde a morte do meu querido Ernesto é que metemos fim à convivencia com os peixes, foi o peixe que mais viveu connosco.

boost na confiança!





Eu detesto aqueles exames que estudei demasiado para me correm mal. Uma pessoa acorda miserável, a pensar que são hora e meia que decidem a nossa vida. Hora e meia que nós pouco controlo temos, esperamos que o prof seja fofinho, que o cerebro nos acompanhe, que a caneta não falhe (eu geralmente levo umas 5) e fazer figas.
Sempre foi uma ideia minha talvez meio parva mas o que é certo é que despista a nervoseira.

Prefiro acordar mais cedo vestir uma roupa em que me sinta mesmo bem comigo, meter uns saltos, arranjar o cabelo... sempre achei que sentir me ainda mais confiante comigo me dava confiança no teste. Julgo que ainda ninguém se apercebeu que só uso aqueles sapatos em dias de testes importantes, felizmente.

É algo meu, é areia para os olhos porque sei que o meu principal factor de problemas nos testes é os nevos. Cedo tão facilmente.

da minha falta de dormir.





Se isto não passar acho que vou de ir ao médico. Já não sei que fazer, já tentei tudo. Está no momento de desistir. Já contei aqui e não sei se alguém levou isso a sério.

Tenho sérios problemas em adormecer desde que me lembro de ser gente mas não tem melhorado, só piorado. A única forma de adormecer é por pura exaustão seja isso a que hora for... e pensava que melhorava em tempo de aulas, mentira. Piorou... agora adormeço por exaustão e não descanso, acordo mais cansada do que acordei e passo o dia exausta e com sono, chega a noite e nada. Ou se cair na cama é um sono instavel, acordo de hora a hora. Começo a duvidar seriamente de qualquer normalidade que isto tenha.

Escusado é referir que compridos para dormir não me dão sono apenas me dão uma noite completa de sono. Eu não quero depender disso. Damn e lá estou eu a quebrar a cláusula de não publicar assuntos privados.

Quero ser dessas mães.


Há putos com muito estilo, que uma pessoa olha e diz... que realmente a mãe fez um bom trabalho porque o puto está a gracinha das gracinhas. Tudo como os grandes mas em tamanho mini. Eu quero ser uma dessas mães mas sem fugir a minha regra de ouro: "Marcas em putos, não!" porque qual é a necessidade de se gastar um dinheirão em algo que só vai usar poucas vezes e torna-se pequeno e é habitua-los mal.
Mas com pouco se faz muito.

Eu nas redes sociais




Eu sou adepta de redes sociais e tenho conta em tudo o que existe basicamente mas metade delas não gostei e a outra metade está dividida entre mim e o blog.

Todas as contas associadas a mim vão cada vez mais desaparecendo, actualmente só tenho o Facebook e o skype. Este ultimo que uso freneticamente desde 2008, estudo quase sempre com amigos ou namorado portanto é frequente ver-me em chamadas até 9h (dai não ter conta para o blog porque sinceramente não tenho tempo).

Quanto ao facebook já lá tive a conta do blog mas como uso o face imenso na faculdade achei que mais devia cancelar aquilo porque tenho colegas minhas aqui. E sinceramente tambem já estou farta do meu facebook pessoal só o tenho por contactos de amigos que estão longe, por causa da faculdade e dos grupos onde estou inserida. Sendo os grupos a zona do facebook que costumo frequentar mais... Não coloco fotos no face desde à meses e a que tenho de perfil é mudada de ano a ano (com sorte). Quem vai ao meu facebook não sabe que namoro, e se sabe não sabe com quem, não sabe quem são os meus amigos... não sabe nada. Apenas onde estudo e uma foto o outra mais antiga e claro sabe a minha familia que é de quem tenho mais fotos.

Quanto a outras redes sociais? Tenho o linkin (pessoal), Tumblr e instagram (do blog). Todas as outras tentei mas não gostei nada daquilo.

Dos meus titulos esquisitos


Já reparam na minha tendencia parva de começar os meus titulos com "Da" ou "Do"??? 

Sempre achei que o que definitivamente não tinha jeito era os títulos... Eis a confirmação!

O recomeço





Parece que tudo o que é bom tem um fim, as aulinhas estão já ai.
A última coisa que acho é que me vão dar abébia este semestre, muito pelo contrario... posso contar com cadeirões mas que estou determinada a passar. Espero que este semestre seja melhor para o blog, quer a nível de inspiração quer de tempo. Fevereiro foi um bom mes escrevi quase mais de no resto dos outros meses juntos.
Desejem me Boa sorte e para o vosso semestre também sorte, empenho e resultados.
Amanhã é dia de sair as tantas da faculdade porque recomeçou tudo de novo e prometo ainda vir a tempo de vos visitar.

DESAFIO LUCKY 13 | Não Saio de Casa Sem...

 Eu sou exactamente aquele tipo de pessoa que se sai pela porta sem tudo aquilo que é suposto começa a dar em louca porque sente que se esqueceu de algo e não descanso enquanto não descubro o que é!
Há imensas peças que para mim são importantes mas seleccionei algumas que são de todos os dias mesmo:

Os meus brincos acho que nunca ninguem me vê sem brincos... é a primeira coisa que meto assim que acordo e a ultima a tirar. Sinto-me tão não eu sem eles.  Ultimamente tenho usado mais os meus brincos de pérola.

Outra coisa que nunca falta é a carteira... é onde tenho tudo. Sem ela sinto-me totalmente perdida é lá que tenho todos os cartões, os trocos... A minha é toda colorida e é da blanco mas tem mais ou menos o formato desta. Sou doida por carteiras grandes onde posso meter tudo e encher tudo de papeis e perder lá dentro os cartões. 


O meu galaxy s3, o menino dos meus olhos, a minha salvação. É onde tenho os meus amigos todos e nunca me falhar especialmente naquelas alturas em que se está a apanhar um tédio gigante. O que mais gosto dele é a camara, o whatsapp (onde eu e o meu rapaz falamos, visto cada um ter o seu tarifário), e todas aquelas aplicações mais simples ou mais malucas. Não sou pessoa de ter musica no telemovel porque uso sempre o ipod para isso. 

Espero que tenham gostado :D





Dos Azares e as Superstições


Sou um bocadinho agarrada a algumas superstições e já tentei não ligar mas correm sempre coisas mal quando não cumpro o ritual. Por exemplo, já tive um daqueles dias em que tudo corre mal e a primeira coisa que penso foi "Será que deixei a minha mala no chão ou em cima da minha cama", vou a ver e bingo! (só não acerto no euromilhões). Eu sei que pareço ridícula mas juro-vos que é verdade. 
Das que cumpro religiosamente é isso da mala, é o não passar debaixo de escadotes ou andaimes, é o tentar não partir espelhos ou entornar sal mas noutras sou completamente o oposto. Adoro as sextas treze, adoro bichanhinhos pretos e 13 é um dos meus números da sorte e preferido.

Do que vos tras ao meu cantinho...


Ontem tive a ler este blog duma ponta á outra e voltei ao câmara para ler alguns posts.
Como já disseram aqui a minha escrita é bem característica, alias todo o layout dos meus posts.
Sempre uma imagem em grande (o estilo da imagem varia, vai-se adaptando aos meus gostos e ao amadurecimento, no tumblr é que se nota mesmo) e depois um texto tão típico meu.
Mas notei uma diferença do outro para este blog... estou mais comunicativa, falo mais para vocês... posts menos sobre a minha vida mas mais sobre a minha opinião. Não sei se sentem isso... 
Mas uma coisa é minha e duvido que mude, a minha falta de jeito para escrever. Oh virgulas e toda a pontuação é mal posta e não há grande coesão mas que se lixe. Eu não estou aqui para literar estou aqui para falar com vocês. 


Quem gostava de conhecer...


Se há coisa que me fascina na blogo é a quantidade de gente diferente com quem nos somos capazes de cruzar num dia, cada uma com uma personalidade única e uma historia interessante. 
Sai do Câmara a achar que tinha conhecido toda a gente que realmente importava ou se cruzaram mais com aquele blog. Espero que o Ela entre Eles me acompanhe por muitos anos e que tenha o mesmo previlégio.
De todas as meninas que por aqui passaram já talvez a Carolina. , Aricia e a Fly fossem as que mais me deixaram com o gosto de algum dias as conhecer. :D

E esse Dia dos Namorados?


Eu e o moço não vamos fazer nada porque estamos longe e mesmo que estivéssemos juntos não somos consumistas nesta epoca mas, claro já tive a ajudar a mãe a arranjar algo ao pai e a ajudar o pai a arranjar algo bonitinho à mãe. Acho piada a eles comemorarem esta data. 21 anos de casados e ainda gostam de dar miminhos um ao outro.

Dos meus gostos!!


Deparei-me com este vestidinho nas minhas passagens pelo tumblr e fiquei completamente apaixonada pelo corte. Não aprecio muito strapless gosto dumas bonitas alcinhas ou algo do tipo.
Acho-o revelador mas elegante, moderno mas fino. Tão eu!
Se por acaso alguem souber a marca não diga e se por acaso souber o preço que se cale e não me destrua os sonhos, sim? Agradecida!!

Na estrada...


O meu moço agora anda a espalhar charme pela estrada. Parabéns por teres terminado a tua carta :D
Espera-se mais uma ajudinha à falta de horários com os carros cá de casa.
Vamos ver se a vidinha melhora.

Os benditos/malditos anonimos...


Já muito para aqui se falou do tema, e já muita confusão dera agora, antes e ainda muita vão criar.
Eu entendo o porque do anonimato afinal toda a gente sabe quem eu sou mas ninguém sabe quem sou. sabem a minha vida, o que acho, o que sinto por vocês mas se cruzarem comigo na rua nem sonham que sou eu. Uma maravilha, portanto. É uma barreira entre dois mundos, mais para prevenir o lado de lá de vir para cá porque o contrario não tenho muitos problemas.
Eu não sei porque é que os anonimos ainda não reparam que existe uma ferramente que posibilita por o nome. Nem precisa de ser o vosso. Sei lá: Zédascouves31 ou Maria Adosinda ou qualquer outra panca. 
Era deveras mais simples quer para nos que vos destingiamos quer para voces porque passava a ter uma melhor interação connosco. 
Porque passava a haver a  Maria Adosinda  que não tinha blog mas que era mesmo fixe mas que não gostava assim tanto do blog da z. 

Hábitos


Gosto tanto do hábito que se tornou de que sempre que estas longe de mim vermos um episódio do Castle ao mesmo mesmo. De nos rirmos das mesmas piadas e mandarmos vir com os mesmos momentos é como se tivesses já aqui.

Vergonha na cara:


Se eu proventura tivesse um ataque de falta de inteligencia medonho, daqueles fortes que dão as criaturas que se inscrevem no secret story, e me inscrevesse num programa desses. E tivesse a voz que tenho, que coitadinha não para muito mais do que cantar afincadamente o atirei o pau ao gato... por mais que eu goste do dinheiro e o dinheiro de mim. Jamais iria fazer uma cançãozita ranhosa como estão as que aparecer, como ervas daninhas, destes ditos novos cantores.
Oh eu só vos digo uma coisa eu tenho vergonha na cara... a sério que é assim que querem ler lembrados? a Zurrar no youtube? 
Quem disse que má publicidade não importa se é má ou não, não deixa de ser publicidade até se arrependia te ter dito esta frase .



Do avião


Não morro de amores por andar de avião quer dizer gosto de estar lá em cima mas aquilo abanar-se tudo faz-me nervos dai estar sempre a dizer que era incapaz do que estar 4 horas dentro dum bichano destes. 
Morro de medo de levantar porque aquilo treme tanto mas tanto que sinto-me zonza e mal disposta, mas por outro lado amo aterra... ver a cidade que vou visitar lá do alto... começar a aproximar, ser capaz de reconhecer as coisas. 
Já aterrei em imensas cidades algumas daquelas europeias altamente reconhecidas mas nenhuma se comparou a aterar em lisboa. A minha cidade é linda. Adoro aterrar especialmente ao fim do dia, gosto imenso da luz a bater, do rio, da ponte, dos monumentos. 
É tudo ali, tudo tão perto à beirinha do aeroporto. Aquelas cidades como berlim (especialmente aquele do lado oeste que é um pardieiro) em que aterras e levantas voo sem ver um bocadinho da cidade irritam-me. 

Obrigada aos meus pais!


Obrigada Mãe e Pai pelo espirito critico que sempre me obrigaram a ter face as coisas que aconteciam, obrigada por me terem ensinado a distingir o certo do errado, obrigada por me terem ensinado a dizer não, a ter uma opinião e a ir as ultimas consequências por ela, por me mostrarem o que uma influência é.  
E obrigada vida por me ensinares a ter as costas largas e a cagar para quem não me quer bem. 

Por sempre me disseram: 
Nos não queremos que tu nunca erres, porque precisas de errar. Apenas queremos que erres por iniciativa tua e não por a de outra pessoa

Do outro lado...


Detesto ver-me num video ou ouvir numa gravação sinto-me tão não eu. Consigo odiar a minha voz e achar que fiquei 10x pior do que acho que sou. As vezes não sei se é do ver do outro lado que parece estranho ou se são os outros que coitados tem de levar com a minha horribilidade toda. 

Esperava melhor destas ferias...


Já estou cansada de estar de férias, não levem a mal porque muitos gostavam de poder ter estes dias como eu tenho mas, tem sido um tédio. Não tenho feito nada daquilo que gosto, tenho andado numa roda viva a tentar agradar os outros e parece que não é reconhecido. Preciso da agitação do dia à dia para me sentir util. Ele está longe e os amigos estão em aulas e longe. Porque sempre ti o dom de escolher amigos que não morassem perto de mim e cheguei a faculdade e rodeei-me de deslocados. 
Ele passa a vida ocupado e eu estou cansada de estar à espera de um bocadinho de atenção porque não fiz nada de produtivo durante o dia. Acreditem ao não estas são as ferias que estão a custar mais, sendo as mais curtas.
Do que vais falta vou sentir é do tempo que tenho podido despender com o blog.

Gostar do meu corpo


Sou sou do tipo de rapariga que desde que nasceu sabe que é linda, não nada disso, tive de o aprender.
Especialmente a aprender que ninguem é perfeito, que apenas é preciso saber aquilo que temos e melhor e aproveita-lo para nos sentirmos bem connosco próprias.
Desde que comecei esta minha demanda por recuperar o meu amado bumbum parece que me sinto melhor, mais confiante de novo... não que haja resultados físicos mas psicológicos já os noto.
Ter tempo para nos faz milagres. É preciso aprender a valorizar-nos porque só assim vamos dar o que temos de melhor. 


All Stars


Se há coisa que adoro são os meus All Stars... são uma paixão. 
São uma coisa que nos define...

Estou na idade de ser tia.


Está mais do que na idade de me presentarem com uma sobrinha mas quer-me parecer que não está para breve. O meu irmão e os irmãos do meu namorado estão longe da idade de me darem sobrinhos e os meus amigos são todos sensivelmente da minha idade e nenhum pensa ter filhos até acabar o mestrado.
Resta-me que uma das meninas da blogo tenha um pequenino para ter logo uma data de tias blogosfericas à disposição! xD