Da crise.

31.8.13
Esta coisa da crise tem muita coisa que se lhe diga e se durante muitos anos foi assuntos dos meus pais, agora já nem tanto.
Já começo a fazer as contas, escolhi curso com base nas oportunidades de emprego, já me preocupo com o futuro e com quem tenho comigo, entre outras coisas. É a vida adulta a chegar juntamente com as responsabilidades. 



As vezes assusta-me o e depois? Quer dizer, estou agora durante os próximos 4 anos (mestrado incluído) preocupada com o curso mas e depois? 
Tenho alguns amigos já nos 20 e tais anos e alguns, com curso ou não, não sabem o que hão de fazer da vida. Não tem planos porque não há vagas no mercado para eles. 

A quantidade de curso que não servem para nada só de nomes bonitos que o pais não precisa. Para que formar profissionais numa área especifica se há outros curso mais polivalentes com pessoas que podem fazer isso? A quantidade de gente que está a tirar um curso só por tirar porque quer estar na faculdade que depois não tem a menor utilidade no pais que temos.

E depois temos cursos profissionais sem qualquer prestigio e miúdos no 10º que querem tudo menos estudar e que podiam perfeitamente aprender sem ir para a faculdade. Porque nem toda a gente é boa a estudar.
Os milhões que são gastao na educação superior em nós, para depois compensar-mos o país e trabalharmos cá, mas ao invés disso somos abandonados e acabamos por escolher trabalhar lá fora. Que desperdício de bons recursos. Com tão bons profissionais que são formados pelas nossas excelentes faculdades.

You Might Also Like

9 comentários

  1. concordo contigo.. andam a investir nós aqui.. mas depois só temos oportunidades lá fora

    ResponderEliminar
  2. Quando entrei no curso que escolhi sabia, vagamente, que era um curso promissor. E nao me enganei. E um curso que me abre muitas portas em varias areas. Felizmente, nunca me arrependi da escolha deste curso e cada vez mais tenho a certeza que foi uma boa opcao, das melhores que fiz em todo o meu percurso escolar!

    ResponderEliminar
  3. De facto, ultimamente só "lá fora" parece ter futuro...

    ResponderEliminar
  4. De facto, ultimamente só "lá fora" parece ter futuro...

    ResponderEliminar
  5. Concordo :)
    O teu blogue é mesmo incrível, segui :D

    ResponderEliminar
  6. fazes bem em pensar muito no teu futuro (:

    ResponderEliminar
  7. As coisas estão complicadas mesmo naqueles cursos que dizem ter muitas saídas já não há a garantia de uma pessoa encontrar emprego :/ *

    ResponderEliminar
  8. ser adulto nao ´´e facil. pena alguns so se darem conta que sao adultos aos trinta anos, altura que muitos saem da casa dos pais a essa idade... a vida nao é facil, é o que retrata o meu blog ;)

    http://ocarteiravazia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. concordo com o que dizes... acho que estava na altura de parar de cortar salários de 700 euros ou menos e começar a investir no pais e a gerar emprego. Mas enfim... eles acham que vao conseguir pagar a divida do pais com despedimentos mas não vao...

    ResponderEliminar